Blog do Enio

Metas para 2017

Hoje é o dia das metas. Aquelas que a gente estabelece e sabe que não vai cumprir. Bom, vamos tentar, mas sabemos que podemos não conseguir, mas fazemos porque todo mundo faz e rende post e podcast. Para quem quiser ver as metas de 2016, tem o post de ontem e o post do início do ano passado.

Vamos a elas:

  1. Correr 3.000 km
  2. Recorde dos 5 km
  3. Recorde dos 10 km
  4. Não me lesionar e ser mais constante nos treinos
  5. Correr pelo menos 1 meia maratona sub 1h45

Essas foram as metas que falei no podcast PFC 180. Além disso, lembrei de outras duas que quero fazer:

  1. Tentar manter o combo no Mova Mais pelo maior número de dias possíveis, começando no dia 1º de janeiro de 2017
  2. Chegar novamente nos 75 kg

Sobre as metas:

Voltei a estipular como meta correr vários quilômetros. Escolhi novamente 3.000 km. Não é impossível, mas precisa de uma boa constância no ano. Vamos ver quanto consigo chegar perto e se, dessa vez, alcanço o número.

O recorde dos 5 km e 10 km estão estacionados desde 2012 e 2013, respectivamente. O de 5 km tem a dificuldade de encontrar uma prova com a distância. Ano passado, sem treinos, corri 2. Tomara que este ano encontre alguma. O objetivo é baixar dos oficiais 23:09, embora em projeção já tenha corrido para 22:14. Nos 10 km quero baixar de 45:46. Este sei que vai ser bem difícil, mas resolvi colocar como meta também. Como falei ontem, meta de quebrar recorde nunca vai ser a de um ano apenas, Vai ser para sempre, mas mesmo assim coloco na do ano. Se conseguir o recorde, já consigo uma meta.

O item 4 é um dos mais importantes. Se atingir ele, os itens 1, 2, 3 e 5 poderão ser atingidos. Talvez não de forma natural, mas vai ser menos difícil. Tento um 2017 com lesões e sem ser constante, pode esquecer todos os outros itens. É bem mais complicado. Então, este ano o foco é não lesionar e conseguir treinar bastante.

O item 5 entra na meta de tempo mais genérica. O recorde da meia é algo que sempre vou tentar, mas como já coloquei os recordes do 5 km e 10 km, o da meia resolvi dificultar menos. No entanto, não é tão fácil, visto que em 2016 fiz 3 meias e nenhuma abaixo de 1h54. Será um bom desafio.

As duas metas que entraram depois também serão um tentativa interessante. O combo do Mova Mais é algo que eu realmente quero tentar manter até 31 de dezembro de 2017. Sei que é bem difícil, mas o intervalo máximo sem atividade é de 2 dias. Ainda podem ser incluídas outras atividades que não sejam corrida, mas eu gosto de correr. É bem provável que seja tudo de corrida mesmo. Não vai ser algo que vou me matar e fazer de tudo para acontecer, mas é algo interessante. Vai ser divertido. Sobre o peso, nem precisaria ser meta, mas coloquei só para me cobrar no fim do ano. Pode parecer pouca coisa, mas faz um diferença absurda estar com 75 kg ou 78 kg. Se não tanto no peso, mas no espelho. Vamos tentar essa também.

E os estudos este ano?

Os estudos entram na categoria dos recordes pessoais e do peso. Não é necessário uma meta para o ano porque eu vou continuar até passar. Claro que tenho consciência que preciso estudar mais e muito mais do que o ano passado, mas é meta da vida. A da concurso até tem dia para terminar: quando eu passar em um concurso maior. A de recordes e peso é mais para a vida toda, mas também sei que vai chegar o dia no futuro em que as limitações vão aparecer. Enquanto isso não acontece, seguimos tentando.

(Visited 87 times, 1 visits today)
Enio Augusto
Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.
https://porfalaremcorrida.com/blogdoenio

4 thoughts on “Metas para 2017

  1. Legal, Enio! Boa sorte nas suas metas. Queria dar uma sugestão de pauta: fale sobre o Move Mais, você já conseguiu resgatar pontuação? Valeu a pena? Abraço.

    1. Olá, Mauro.
      O Mova Mais já está na pauta do podcast e de um post aqui, mas sempre adio. Ainda quero escrever aqui sobre isso.
      Deixo aqui um spoiler resumido: ainda não resgatei, mas precisa ter MUITOS pontos para ser vantajoso.
      Abraço.

  2. Boas metas, Enio. Mas para não se machucar um dos segredos é fazer reforço, não tem jeito.

    Nos comentários do https://porfalaremcorrida.com/pfc140/ eu tinha falado as minhas metas para 2016: eram 2 maratonas, mas eu não contava que não teria a de Floripa. Mas fiz os 42km na São Paulo Asics City Marathon.

    Para este ano já me inscrevi na Maratona Internacional de Floripa em 27/08. 😉 E estou criando coragem para encarar o Desafrio.

    Abraços!

    1. Esse reforço por enquanto está sendo subir escadas. Oremos!
      Uma maratona já é um grande feito, acredito. Este ano você desconta. São boas metas!
      Talvez eu vá na Meia de Blumenau.
      Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *