Geral

As subidas de cada dia

Depois da Golden Four São Paulo, tive uma semana leve de treinos, culminando com as ladeiras morro abaixo do Treinão em Angelina. Depois disso, iniciei uma nova semana e em todas as rodagens dali para frente coloquei subidas e morros no percurso do treino. Saí do plano da Beira Mar atrás de qualquer subida que gerasse algum esforço.

Como a principal prova que pretendo fazer até o fim do ano é a Golden Four Brasília, já estou tentando me preparar com bastante antecedência. Já corri em Brasília em 2013 e sei bem do percurso. É muito mais descida que subida, mas a subida que tem começa no km 9 e só termina no 14. Esses cinco quilômetros são meu grande problema e desafio.

Eles me quebraram bem na prova de 2013. Ainda que estivesse sem treino, ali a coisa não rendeu, o ritmo caiu e desanimei. Além, também, de ter exagerado demais nas descidas do começo para quem estava destreinado. De todo modo, já sei o que me espera este ano. Como não gosto de academia, sobrou para fazer todas as rodagens em subidas.

Já estou na quarta semana procurando e encarando as subidas. Junto com isso, inclui também as escadas do prédio, mas é assunto para um próximo texto (não vou gastar todas as ideias em um só). O começo foi bem sofrido. Agora já é menos difícil. Vai mais fácil. Por outro lado, as panturrilhas ficam dando sinais de vida. Aquele um cansaço do volume e da força que estou exigindo delas.

Todas as rodagens são feitas procurando alguma subida. Até no longão de sábado faço procurando as subidas. Se dentro dele tem um treino de ritmo, o ritmo faço no plano, mas o restante tento ficar nas subidas que encontro. Só as evito integralmente nos treinos intervalados. Aí é o plano da Beira Mar porque eu tentando correr rápido é sensação de esforço de subida.

Para terminar, em alguns treinos passam músicas pela minha cabeça. Uma ou duas ficam ali tocando no meu cérebro. Não é para se tornar padrão, mas quando isso acontecer e eu lembrar vou postar aqui a música do dia. Meu cérebro e meu inconsciente são bem menos criteriosos do que eu na hora de escolher uma corrida. A música do treino de ontem, quarta-feira, está aí embaixo.

(Visited 34 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *