A última meia do ano

No próximo domingo farei a última meia maratona de 2016. Não foi bem o ano que eu esperava, mas, devido a todos os percalços, participar de 3 meias no ano é algo bem significativo. Vai ser melhor do que o prognóstico, ainda mais se conseguir concluir sem dores. Já foi a Meia de Floripa em junho e a Asics Golden Run Brasília no último domingo. Falta só a Meia Maratona de Florianópolis, uma meia que me traz boas lembranças.

Foi nela que corri pela primeira vez abaixo de 1h55, abaixo de 1h45 e abaixo de 1h40. Participo da prova desde 2012. Ano passado saiu o recorde pessoal. Este ano não deve ser nada além de tentar completar a prova com dignidade. Até agora, foram 27 meias maratonas. A de domingo será a 28ª. Dessas 27, 6 foram na Meia de Floripa e 4 na Meia de Florianópolis.  Depois de domingo, serão 5. Ou seja, 11 de 28 meias foram em casa. Quase 40% das meias em Florianópolis.

O desempenho este ano não está bom. A Meia de Floripa foi a 23ª mais rápida e a Golden Run Brasília a 18ª mais rápida. Não dá para exigir muito, mas fica o registro de que 2016 foi um ano ruim em termos de tempo. Muito provavelmente será o pior ano de meias. De qualquer forma, lá estaremos para a 28ª meia da vida, com um objetivo apenas: fazer o melhor tempo do ano. Para isso, preciso correr abaixo de 1:56:47. Vou tentar pelo menos sub 1h55, mas nada é garantido. O sonho seria fazer abaixo de 1h50 e a coisa mais lindo do mundo, porém impossível, seria correr abaixo de 1h45.

A previsão não é de chuva, mas as manhãs estão bem abafadas. A largada ser às 7h ajuda muito. Devo terminar antes das 9h. Ainda, teremos a equipe do Por Falar em Corrida na prova. Faremos a cobertura de evento para o nosso Desafio PFC 21 km. Aliás, você pode apostar e dar o seu palpite até o último minuto do sábado. Pelo que foi divulgado, são 4.000 atletas inscritos nas três distâncias: 21 km, 10 km e 5 km. Não acredito que os concluintes cheguem a esse total, mas certamente teremos muitos corredores participando.

Vídeo do Desafio PFC 21 km:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *