Enio Diário

Tempo de corte

tempo de corteNo começo de tudo, nos primeiros passos na corrida, nosso objetivo é simplesmente correr. Ou melhor, conseguir correr por mais de 100 ou 200 metros. Quem tenta atropelar as coisas acaba sendo atropelado pelas lesões e outros dissabores. Seguindo um caminho natural, vamos evoluindo, correndo mais, aumentando o volume e, mais tarde, prestando atenção no tempo. Na teoria, bem mais tarde vem o tempo de corte que pretendo comentar a seguir.

Sim, tem casos de pessoas que já se preocupam com o tempo logo na partida. Varia de cada um. O certo é que depois de estar um pouco menos inexperiente na corrida, você começa a ver que aquela distância de 5 km pode ser feita abaixo de 35 minutos. Depois, abaixo de 30 minutos e assim por diante. Até o ponto em que tudo fica na casa dos segundos.

Com alguns anos de corrida, você pode acabar estabelecendo metas e tempos mínimos e razoáveis para algumas distâncias. Comigo funcionou assim. Não sou o corredor mais rápido do mundo e acredito que minha genética não vai me ajudar a melhorar muito mais do que isso, mas, dentro do que foi possível evoluir, criei um padrão de tempo de corte para as corridas das quais participo.

Nada contra quem corre mais rápido ou mais lento e certa inveja de quem consegue correr mais rápido. Cada pessoa tem seus limites e seus motivos para correr. Tenho meus tempo de corte nas principais distâncias: 5 km, 10 km, 21 km e 42 km. Nas outras distâncias, tento me basear no ritmo médio para estabelecer algum tempo de corte. Em todas, existem variações.

Gosto de ir nas corridas preparado e com os treinos em dia. Correr só para participar não é algo que me motiva atualmente. A minha diversão é correr para fazer algum tempo. Mesmo quando não estou com a preparação boa, preciso ter um objetivo de tempo. Correr por correr não é tão divertido. Em CNTP’s (Condições Normais de Treinos e Provas), os limites são sub 25 nos 5 km, sub 50 nos 10 km, sub 2 horas na meia maratona e sub 4 horas na maratona.

Em casos de treino precário, o tempo de corte muda. Os objetivos precisam ser palpáveis. Não adianta voltar de lesão e querer fazer meia em 1h45 sem treino. Não é algo possível. Quando não tem jeito e eu quero correr por outros motivos, subo os objetivos. Só que no tempo de corte tem aqueles números que não quero fazer. Se vou para uma corrida com isso em risco, é sinal de que a preparação está ruim e não valeria a pena correr.

5 km acima de 29:59, 10 km acima de 59:59 e meia maratona acima de 1:59:59 são tempos que me deixariam muito frustrado. Eles estão na categoria inadmissível. A Meia de Floripa foi um risco, mas a experiência de outras 25 meias me deu suporte mesmo com quatro semanas de poucos treinos e os dias anteriores em que estive parado.

Na maratona, a coisa muda um pouco de figura. O tempo de corte ideal seria abaixo de 4 horas, mas como só acertei uma boa prova até hoje, esse limite é mais alto. Abaixo de 4h30 é um dos cortes e o outro é abaixo de 5h. Fazer uma maratona com mais de 5 horas não me serve. Nem nas piores maratonas fiz acima. Sempre fui com isso em mente. Estou despreparado, vai dar tudo errado, mas tem que ser em até 4:59:59.

Até por maratona ser mais imprevisível e precisar de mais treinos, deixei de lado. Com os objetivos de hoje, fazer uma maratona acima de 4 horas seria muito frustrante. Para evitar isso ao máximo, teria que treinar. E os treinos para a maratona ainda não me encantam. Fazer uma maratona só para dizer que completei não dá. É muito esforço. Prefiro um esforço de tentar um tempo que considero bom, um recorde pessoal, e quebrar no meio do que só completar.

Você que leu até aqui tem algum tempo de corte? Uma régua de tempos toleráveis? Ou tanto faz?

(Visited 223 times, 1 visits today)
Enio Augusto
Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.
http://porfalaremcorrida.com/blogdoenio

2 thoughts on “Tempo de corte”

  1. Também tenho basicamente os mesmos tempo de cortes, que os teus, creio que estes tempos não são difíceis de alcançar, mas precisa um certa “rotina” em treinos para conseguir.
    5k – Sub 25
    10k – Sub 50
    21k – Sub 2h
    42k – Sub qualquer coisa, ainda não fiz nenhuma, mas estaria em meus planos fazer sub 4h.

    1. É por aí. Não é tão fácil, mas não é muito difícil.
      Os treinos precisam estar em dias para as pessoas normais.
      Tem os anormais que nunca treinam e fazem sub 45, mas comigo não é assim haha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *