Surfing Madonna Beach Run – 24/10/2015

Surfing Madonna Beach Run
24/10/2015
Encinitas – Califórnia – Estados Unidos
5 km, 10 km e 10 milhas

Resultados

Surfing Madonna Beach Run – A maior corrida na praia dos Estados Unidos

Horário de largada
12h30 (isso mesmo, meio dia e meia.). 5 km largou às 13h.

Concluintes
10 milhas (16 km): 266
10 km: 756
5 km: 1.820
Total: 2.842

Preço
$ 69,95 para as 10 milhas. As outras distâncias eram mais baratas. Paguei $ 34,95 com um cupom de desconto de 50% com 9 meses de antecedência.

Kit
Camiseta, chip no número de peito e uma garrafa. A garrafa era somente para as 10 milhas, mas era vendida por $ 5,00.

Meu tempo
1:56:36
Colocação: 183/260 (6 pessoas entraram na categoria pais e filhos, que era separada)

Temperatura
29ºC e sol forte.

Causa
Eles ajudam pessoas com deficiência em aulas de surf gratuitas, possuem uma prancha adaptada, é realmente lindo o trabalho. Também ajudam na recuperação das praias, com a eliminação do lixo, e bolsa de estudos para estudantes de oceanografia.

Fui para a praia às 10h30. Meu marido foi voluntário nas fotos. Antes da corrida teve um concurso de fantasias. Fizeram um palco, teve até zumba. Peguei o kit no dia da prova pela manhã. Tinha guarda-volumes, que era minha reclamação da última prova que relatei, a Bolt to the Q.

Minha treinadora teve uma estratégia para eu correr tranquilo as 2 primeiras milhas (mais ou menos 4 km) e depois forçar. Foi a minha salvação. Comecei bem suave, mas a areia da praia entrou no tênis e com a água do mar formou-se uma pedra. Meu pé começou a apertar e doer. Achei que tinha sido a unha do pé. Lembrei no meio da corrida que esqueci de cortar! Da milha 3 a milha 6 (mais ou menos uns 5 km), corri mancando.

Lá pela milha 6,5 (km 11), resolvi parar e tirar meu tênis. Dele, tirei uma bola de pedra feita de agua e areia. Essa porcaria estava apertando meu pé. Deu uma aliviada, mas ali já estava arruinado. Eram mais 5km. No posto de água do km 13, parei e pensei  que minha meta de terminar em menos de 2 horas estava arruinada, não ia dar. Pensei em andar no restante do percurso, mas corri. Devagar, mas fui.

O sol forte na cabeça, o pé doendo, aquele monte de areia dentro do meu tênis, parecia que eu tava correndo com dois tijolos no pé. Será que existe algum tênis especial para praia? Havia postos de hidratação em boa quantidade. Eram 3, mas como passei duas vezes por cada um, são 6 postos. Em 16 km está bom, né? Mas o sol estava muito forte. Cheguei no final quase vomitando. Cadê água? Cadê fruta? Só depois fui descobrir que a água estava lá atrás das barracas. Frutas nem vi.

Nível de diversão: 8/10 (só o sol forte atrapalhou. As fantasias eram bem divertidas)
Nível de dificuldade: 8/10 (areia no pé não tem igual)
Nível de subidas: 1/10 (na praia é flat)
Hidratação: 7/10 (pecou na largada e chegada. Estava muito quente)
Banheiros: 3/10 (só tinha o da praia e a fila era quilométrica. Nenhum banheiro químico durante o percurso)
Estacionamento: 10/10 (informavam os estacionamentos na página e era grátis)
Camiseta: 9/10 (embora pareça de algodão, é um material bem soft e gostoso, com 15% de viscose. Daria nota 10 se fosse branca, minha cor preferida)
Voluntários: 10/10 (foram essenciais)
Medalha: 9/10 (linda, mas sem diferenciar as distâncias)

Dica
Se você quiser muito correr e se divertir, 5 km ou 10 km, no máximo. 10 milhas foi surreal. No fim, eu estava morta e nem consegui aproveitar. Resultado final: bolhas no pé

Meu marido se voluntariou como um dos fotógrafos da corrida e tirou mais de 2.000 fotos super divertidas! Ele achou o máximo os corredores acenarem para ele (segundo ele, as melhores fotos). As fotos serão disponibilizadas gratuitamente para os corredores. Isso estimula mais corredores a se inscreverem no ano que vem!

*Participou de alguma corrida e quer contar como foi? Faça como a Renata e envie o seu relato para o Por Falar em Corrida.

2 respostas a “Surfing Madonna Beach Run – 24/10/2015”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *