Strava lança time de atletas no Brasil

O Strava, maior rede social de participação esportiva do mundo com 47 milhões de usuários, anunciou no Brasil o lançamento do Time Stravaneste sábado, 23. O grupo será formado por vinte atletas brasileiros, das modalidades triathlon, ciclismo e corrida. A apresentação dos integrantes foi feita em um camp, um evento recheado de surpresas – que teve desde um bate-papo com o tema ‘finish strong’ (termine forte, em tradução livre), quando todos exaltaram um marco na vida deles neste ano a uma ‘minicompetição’ de triathlon. Tudo isso aconteceu dentro do circuito de triathlon do Parque dos Esportes da Fazenda Boa Vista, em Porto Feliz, interior de São Paulo.

Babi Beluco, Bruno Vicari, Gisela Saback, Guilherme Guido, Kamis Pontes, Larissa Gargaro, Luciana Haddad, Luiza Cravo, Mari Brugger, Maria Rocha, Nilo Conttini, Paula Ponte, Pippo Garnero, Rafael Passos, Rafa Turtera, Rodrigo Lobo, Tati Santin, Thiago Pontes e Thiago Vinhal são os nomes desse seleto grupo de atletas que representam o Brasil em tantas competições mundo afora e agora vestem a camisa do Strava. Além do anúncio do time de atletas brasileiros, juntos eles compartilharam as principais conquistas de 2019.

Confira aqui a BIO de cada atleta

“É claro que atletas do nível deles já estão de olho {e treinando para} nas provas do ano que vem, mas a gente fez questão de valorizar esse momento ‘finish strong’, porque precisamos olhar para trás e comemorar nossas conquistas. Cada um sabe o que passou para chegar aonde chegou e não estou falando de pódios ou melhores marcas pessoais, mas só em completar uma maratona ou um Iron já é um grande feito”, afirma Rosana Fortes, Country Manager do Strava no Brasil. O time acompanhará toda a estratégia de crescimento da marca em 2020 no Brasil, que já conta com mais de cinco milhões de usuários.

No Parque dos Esportes da Fazenda Boa Vista, o Strava organizou uma competição de triathlon versão pocket para que desse tempo de todos conhecerem um pouco do primeiro e inédito circuito da modalidade numa área privada no país. Eles nadaram 500m no lago, na sequência pedalaram 3,5km e correram mais 3,5km. Além disso, houve um desafio num trecho de 500m de subida, no melhor estilo uphill, onde foram coroados um KOM (King of Mountain) e uma QOM (Queen of Mountain). Todos os resultados foram monitorados pelo Clube Strava com segmentos inéditos criados por Roy Siqueira, desenhista do circuito. Essa iniciativa ficará de legado para quem quiser treinar e também para futuras competições na região.

“Estamos muito felizes em poder reunir esse time de esportistas apaixonados pelo que fazem para trocar ideias e incentivar à prática esportiva. Eles são exemplos de como o esporte pode e deve fazer parte da nossa vida, seja o indivíduo um atleta profissional ou amador”, comenta Rosana Fortes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *