Geral

Sorvete

Comentei ontem que no sábado fiz o treino mais longo da semana na Praia dos Ingleses. Foi uma oportunidade que surgiu e aproveitei para ir à praia e correr. O que gosto mesmo de fazer na praia é correr. Banho de mar e areia não são minhas partes preferidas. No entanto, correr na beira do mar e pelas ruas perto da praia são coisas que gosto de fazer. Para isso, tem-se um ônus.

Fiz meu treino depois das nove da manhã em um dia bem abafado e quente. Pela temperatura que estava, achei até que o ritmo foi bem razoável. Comecei pela praia, na areia dura, fui até uma parte onde sai o esgoto, dei meia volta e fui para as ruas ali perto na primeira saída da praia que encontrei. Dei umas voltas pelas ruas e no fim do treino voltei pela areia da praia.

Na beira da praia tinha um vento que incomodava para manter o ritmo, mas ajudava na questão do calor. Terminei, pedi uma água de coco e, a partir daí, foi um sábado com exageros gastronômicos. Tudo começou com um pouco de batata frita. Depois, teve camarão à milanesa. Relativo ao camarão, eu tirava a casca da milanesa e comi só o bicho. Teve também dois bolinhos de siri.

No almoço fiquei dentro da alimentação normal. Na sobremesa, porém, comprei um brigadeiro e um alfajor. Novamente, o alfajor foi meio decepcionante, desta vez nos Ingleses. Depois, no último ato antes de ir embora da praia, fui na sorveteria e comi mais seis bolas sorvete nos sabores de limão, abacaxi, coco, brigadeiro, chocolate com doce de leite e Ferrero Rocher. Exceto o de limão, que estava meio forte, todos os outros estavam ótimos, especialmente o de abacaxi, o de coco e o de brigadeiro.

Para terminar esse dia de praia e uma certa farra gastronômica, escolhi continuar com uma alimentação baseada em coisas que evito quase sempre. Pedi uma pizza média, de seis fatias, metade quatro queijos e metade calabresa, com borda de requeijão. Além disso, tomei dois copos de Sprite. Como era um dia perdido, aproveitei para continuar comendo porcaria. O sábado foi um dia que, com certeza, será pintado de vermelho na tabela.

Para não ficar deixando as coisas em dias separados, gosto de já comer todas as porcarias em um só dia, mesmo que o resultado depois não seja tão bom. Prefiro ter um dia bem ruim do que ter dois ou três seguidos. No dia seguinte, já voltei à alimentação normal e continuei assim na segunda também. De todos os testes que fiz e venho fazendo, optar por um só dia de porcaria tem sido a melhor opção.

(Visited 119 times, 1 visits today)
Enio Augusto
Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.
https://porfalaremcorrida.com/blogdoenio

4 thoughts on “Sorvete

  1. Estou chocada! Me deu dor de estomago so de ler ese post! Se eu comesse tudo isso eu ia ficar de cama por 1 semana. A ultima vez que eu tomei sorvete nem me lembro mais quando foi (Ah lembro, foi no meu aniversario, uma bolinha pequena tamanho infantil, e sem acucar – e sem casquinha, no copinho) 🙂 E pizza credoooooo arghhhhh ainda de calabreza ugh (se fosse de atum com cebola tudo bem!) e refrigerante credooooooo arghhhh

    Vc ta brincandooooo so pode!!!! fala que ‘e mentira vaiiiiiii 🙂

    1. Às 12h, foi a batata e o camarão. Às 14h, o almoço normal com os doces depois de sobremesa. Ali pelas 17h, o sorvete e a pizza e o refrigerante lá perto das 22h. Foi tudo espaçado. No dia não parecia tanto, mas escrevendo ficou bastante. Tenho meus dias de porcaria. Talvez tenha exagerado no sábado. Vai ver por isso que fiquei mais pesado no dia seguinte hahaha.
      A pizza era de calabresa com cebola, serve? Atum não me agrada muito.

      1. Pizza de atum agrada somente 2% das pessoas do mundo! E com certeza ficou mais pesado e dai correu com pace de 5:00, afe viu Enio, nao humilha nao 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *