Geral

Será que vai chover?

Este é o ano da chuva. Estatisticamente, cientificamente, qualquer coisa mente pode não ser, mas especificamente para as minhas corridas é. Pelo menos as últimas que participei. A Meia de Floripa foi com muita chuva, mas foi lá em junho. As últimas três provas, no entanto, foram ou tiveram a presença da chuva em grande parte: a corrida do Circuito ParaTodos teve chuva. A Track&Field Iguatemi também foi molhada. A Meia Maratona de Florianópolis foi outra que nos brindou com a chuva.

Nas minhas contas, 5 das 10 provas este ano foram na chuva. Em Brasília, tenho quase certeza que não vai chover. Enquanto dia 8/11 não chega, os treinos continuam. Na chuva. Quase todos. Depois da Meia de Florianópolis, escapei dos treinos na chuva em Videira. De volta para casa, a maioria dos treinos têm sido na chuva. O pior é olhar a previsão do tempo e perceber que, se ela estiver certa, serão vários e vários dias de chuva.

O que eu faço? Continuo com a rotina de acordar cedo e correr. Nas férias, não era de madrugada, mas era na chuva do mesmo jeito. O intervalado de ontem foi feito todo sob chuva. No começo, mais fraca, depois mais intensa. Há chuvas e chuvas. Umas molham mais que as outras. Mas o problema que ambas deixam, variando na quantidade, várias poças nas ruas e na Beira Mar. Um descuido e o pé vai direto na água. Depois que molha uma vez, acabam-se os cuidados.

Outro problema da chuva é o pós-treino, a chegada em casa, todo molhado. Da porta até o banheiro é um pequeno caminho, quase insignificante, exceto quando você está encharcado e pingando. Quem dera fosse só suor. Para isso, já adotei a tática de deixar uma toalha na entrada para causar menos estragos e quase não molhar a casa. Com chuva ou sem chuva, temos objetivo e temos disciplina. É o suficiente para não deixar que a chuva ou a previsão do tempo interrompam os treinos.

(Visited 103 times, 1 visits today)
Enio Augusto
Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.
https://porfalaremcorrida.com/blogdoenio

4 thoughts on “Será que vai chover?

  1. Também corri algumas provas chuvosas esse ano. A Meia Maratona de Fortaleza e a etapa Inverno do Circuito das Estações em Fortaleza foram quase inteiramente debaixo de chuva. Não gosto nem um pouco, mas há quem comemore quando começa a chover. Minha torcida sempre é para um meio termo: que fique nublado, mas que não caiam mais que umas poucas gotinhas.

    1. Depois que molha o tênis e as meias não tem mais jeito.
      O ideal é isso que você falou. Algumas gotas e só.
      E não pode chover muito antes da largada. Porque daí tem poça e é ruim do mesmo jeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *