Geral

Seis minutos

Lá fomos nós para mais um dia de treino. Hoje foram duas repetições, sendo nove minutos andando e seis correndo. Novamente, a dor não apareceu. Desta vez, nem desconforto nem qualquer outro sinal de dor. Em relação aos pés, tudo funcionando bem.

O que pegou mais foi a falta de fôlego, mas essa é a coisa mais normal. Desde 14 de junho, é meu terceiro treino de trinta minutos e a maior parte da atividade ainda é a caminhada. Vai mais alguns treinos até o fôlego se restabelecer. No entanto, hoje aumentei em um minuto a corrida e diminuí em um minuto a caminhada.

Nas duas partes de corrida, o ritmo ficou em 6:23 na primeira e 6:10 na segunda. Quase consegui correr 1 km direto. Ainda não foi hoje, mas este dia vai chegar. O que gostei é que não senti cansaço nas pernas. Faltou fôlego mesmo. Talvez alguns dos exercícios da fisioterapia tenham ajudado nisso. Os próximos dias serão de descanso. No fim de semana devo tentar correr de novo.

O tempo total da atividade hoje fechou em 32 minutos. A única parte ruim do treino foi que estava frio. E com vento. O Garmin demorou para localizar o satélite. Então, a primeira parte da caminhada com certeza teve mais de 15 minutos e foi mais gelada, mas esperei o Garmin se achar para contar de fato. Fora isso, tudo bem e parece que melhorando.

(Visited 36 times, 1 visits today)
Enio Augusto
Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.
http://porfalaremcorrida.com/blogdoenio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *