Blog do Enio Enio Diário

Recomeço sofrido

Desde o primeiro treino do ano, foram outros 2, totalizando, obviamente, 3 treinos. O primeiro, no domingo, foi o melhor na questão do ritmo. Talvez porque estivesse bem descansado dos 16 dias parado. Durante o treino ainda senti um pouco as panturrilhas e que poderia fazer bolhas. Deu ruim nas duas coisas.

As bolhas no dia seguinte já estavam sem problemas. O problema foram as panturrilhas. Ainda estavam bem doloridas e o treino de terça não rendeu legal. Fui depois das 19h, era o o horário que dava, devido ao trabalho e ao calor. A panturrilha ainda desacostumada tornou o treino bem arrastado. O ritmo não foi lá essas coisas. Não foi algo que me preocupou. Este início está sendo mais para o corpo voltar a acostumar a correr.

O primeiro treino foi exceção. Os seguintes, com o cansaço acumulado, já se tornaram mais complicados. O terceiro treino, na quinta, foi o pior de todos no ritmo, mas me senti bem correndo. Estava chovendo quando saí de casa e choveu durante o treino todo. Foi até bom para refrescar do calor. As panturrilhas desta vez incomodaram menos. Parece que já estão acostumando.

Acredito que a partir do próximo treino as coisas comecem a encaixar melhor. Até agora, fiz apenas treinos de pouco mais de 30 minutos, o que está dando sempre um pouquinho a mais de 5 km. Ainda falta ficar mais leve e ter menos preguiça também, mas está acontecendo uma óbvia evolução gradativa. Janeiro não é mês de muitas preocupações

(Visited 27 times, 1 visits today)
Enio Augusto
Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.
https://porfalaremcorrida.com/blogdoenio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *