Queimadura com Gelo
Vlog do Guilherme YouTube

Como fiz uma queimadura com gelo

 

Era 2013, faltavam apenas 3 semanas para minha primeira (e única até hoje!) MARATONA.

Quem já passou por essa experiência de se preparar e correr uma maratona, sabe o que é a sensação de ansiedade e as dúvidas que vão surgindo quando o grande dia vem chegando.

No meu caso, lembro que já sentia muita dor no joelho nessa época, e tudo que eu queria era não piorar a situação.

Pra isso, o gelo virou meu companheiro inseparável em praticamente todos os momentos em que não estava correndo. Até que um belo dia, não dei bola para este amigo, e ele acabou me queimando.

Sempre escutei falar sobre queimadura com gelo, na verdade acho que todo mundo ja escutou a recomendação de enrolar o gelo em algum pano para evitar o contato direto com a pele.

E sim, o erro foi meu, não achei que isso fosse acontecer tão facilmente.

Como me queimei com gelo?

O que aconteceu resumidamente foi o seguinte:

Era um domingo pela manhã, e depois do café de manhã, sentei em frente a televisão para assistir o Esporte Espetacular.

E claro, o gelo estava ali no joelho esquerdo como sempre.

Porém…o joelho doia além do costume, e tive a brilhante ideia de colocar a bolsa de gel congelada em contato direto com a pele e ainda apertar com a sinta de neoprene que eu usava como bolsa para colocar o gelo dentro.

Não sei quanto tempo fiquei com o gelo. Lembro que nos minutos iniciais senti que estava forte a sensação de frio, mas consegui aguentar, em poucos minutos não sentia mais nada e deixei o gelo ali.

Bem, aquele contato direto do gelo na pele do joelho, criou uma queimadura de segundo grau.

Mas para minha sorte, consegui cuidar da melhor forma possível.

Uma semana depois estava fazendo um longão de 33km cheio de hipoglos e curativos.

A história completa você pode ver no vídeo abaixo:

(Visited 3.714 times, 19 visits today)
Guilherme Preto
Começou a correr porque não conseguia mais só trabalhar. A vida sem esporte para ele é quase a mesma coisa que a morte. Começou nos 5 km e foi desafiando-se cada vez mais até chegar aos 42km. Depois disso, sentiu-se um Deus e ao sétimo dia descansou.
http://www.corrervicia.com

7 thoughts on “Como fiz uma queimadura com gelo”

  1. Aconteceu comio hoje. Fiz gelo no joelho e no ombro com a bolsa de gel. No ombro ficou uma mancha mais nao amorteceu nem doeu, só esta uma mancha mais escura que a pele. O joelho foi pior porque pressionei a bolsa de gelo e quando tirei estava uma parte congelada. N ahora colocquei minha mão em cima para aquecer e comecei movimentar para aumentar a circulação do local. Melhorou mais ainda nao esta 100%. Vamos ver como vai ficar. Fiquei assustada pois isso nunca tinha acontecido comigo.

  2. Oi, Guilherme, tive uma queimadura feia com uma bolsa de gel que não congelava. Fiquei uns 20 min, e tive queimadura de 1 e 2 graus, bolhas como as suas. Acabei no hospital, limpeza ambulatorial. Estou tratando agora. Creio que esta bolsa de gel que não congela é diferente das outras, ela não incomoda e há a tendência de deixar mais tempo, anestesiando o local. Tudo isso por causa de uma pequena lesão pós meia maratona…

  3. Aconteceu comigo no cotovelo. Com a bolsa de gel, também . Não criou bolhas , ficou vermelho e agora está marrom. Feio! Não tratei e só agora tive coragem de pesquisar aqui . A minha pergunta é se essa mancha vai desaparecer do meu braço e cotovelo. Ela agora está amarronzada. Obrigada!

  4. Rapaz, fiz isso ontem de noite. Assisti House of Cards quase todo com esse gel nos 2 joelhos, agora a pele tá vermelhaça e o tecido bem duro, parece couro de vaca kkkk. mas nõa deu bolha. O pior é que eu tinha feito isso semana retrasada, e ontem coloquei um papel toalha entre a pele e o gel. Não adiantou. queimou mesmo assim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *