Geral

Produtividade

Peguei férias durante as Olimpíadas para me concentrar nas competições e ver o máximo possível. Mentalmente, organizei como queria fazer as coisas para melhor aproveitar o tempo. Na prática, saiu tudo diferente. Estou conseguindo ver tudo o que quero nas Olimpíadas, mas o resto dos planos ficaram pelo caminho.

Até estou conseguindo treinar com regularidade. Como faço isso pela manhã, logo que acordo, perco pouca coisa das Olimpíadas. Com o início do atletismo, pensei que teria problemas, mas as provas principais e finais ou são perto do meio-dia ou são à noite. Então, não tive os treinos afetados, mesmo começando a correr depois das 9 horas em alguns dias.

Fora a corrida, nada mais deu muito certo. Pensei em organizar o armário e não está acontecendo. Os estudos, que vinham em um ritmo bom até a sexta-feira da abertura da cerimônia das Olimpíadas, definharam. Não consigo me concentrar para estudar. A televisão precisa estar desligada e nesses dias ela nunca esteve tão ligada.

Os poucos momentos em que consegui fazer o dia render a televisão estava desligada, mas é raro. Ainda mais nesta última semana de Olimpíadas quando quase tudo é decisivo e e quase sempre emocionante e tenso. Já tivemos 2 recordes mundiais nas provas de pista e ainda tem mais provas e finais até domingo. Cometi equívocos na avaliação do meu tempo olímpico. Segunda que vem volta tudo ao normal.

(Visited 33 times, 1 visits today)
Enio Augusto
Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.
https://porfalaremcorrida.com/blogdoenio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *