Geral

Preguiça de domingo

Foram nove dias com treino do dia 1º a 10 de setembro. Dez treinos em treze dias. Mas desde 30 de agosto não tinha um day off sem fazer nada como foi neste domingo que passou. Sexta sempre tem as escadas para subir. Ainda que seja coisa rápida, não mais que meia hora, é mais um jeito de fazer força nas pernas. Não é descanso total.

Não fazer absolutamente nada era uma coisa que estava sentindo falta. Chegou o domingo e aproveitei. Dormi mais de 11 horas sem preocupação com nada. Depois, vi várias fotos no Instagram e no Facebook do pessoal que foi correr. Gosto de participar de provas também, às vezes só assistir, mas domingo era o dia da preguiça. De aproveitar a folga de qualquer exercício para as pernas.

Um descanso necessário. A semana foi pesada, mas os sintomas de cansaço sumindo. O treino de sábado foi bem bom. Saiu no ritmo que eu queria. Até começarem as primeiras subidas leves mantive um ritmo bom. Depois, caiu um pouco, mas consegui sustentar. No fim, acelerei, terminei os 16 km muito mais inteiro do que qualquer outro treino da semana. A recompensa só poderia ser uma: não fazer nada no domingo. Aproveitei bem. Abaixo, o treino de sábado:

(Visited 36 times, 1 visits today)
Enio Augusto
Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.
https://porfalaremcorrida.com/blogdoenio

2 thoughts on “Preguiça de domingo

    1. Não é bem todos os dias. Só 5 vezes na semana. Tem a ver mais com disciplina do que com motivação.
      Porque dormir é bem melhor haha.
      Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *