Guilherme Preto
Começou a correr porque não conseguia mais só trabalhar. A vida sem esporte para ele é quase a mesma coisa que a morte. Começou nos 5 km e foi desafiando-se cada vez mais até chegar aos 42km. Depois disso, sentiu-se um Deus e ao sétimo dia descansou.
http://www.corrervicia.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *