Geral

Passando os carros

O treino de hoje foi diferente em pelo menos um sentido: o sentido que eu corri. Desta vez, mudei o percurso tradicional da Beira Mar. Já estava com a ideia de ir para outros lados e variar o percurso, mas ainda não tinha decidido totalmente. Só tive certeza quando cheguei à Beira Mar.

No treino de hoje resolvi andar por 1 minuto e correr o restante do quilômetro. Deu cerca de 90, 100 metros andando e o restante correndo, até apitar o lap automático do Garmin avisando que mais um quilômetro tinha se passado, para então andar novamente. Fiz isso porque não quero abusar muito e as panturrilhas estão sentindo as rodagens contínua.

Voltando ao percurso, chegando na Beira Mar vi uma fila anormal. Naquele horário da manhã, o mais comum é ter um trânsito moderado de carros. Hoje não. Estava tudo parado por quase toda a avenida. Imagino que tenha acontecido algum acidente em Florianópolis ou nas ruas mais para frente que causaram esse congestionamento.

Aproveitando que estava tudo andando bem lentamente, mais lento que eu, mudei o percurso e segui a direção dos carros. Saí da Beira Mar e fui sentido Abraão, bairro de Florianópolis. Estava pela calçada e perdi a conta de quantos carros passei. Minha corrida eventualmente chegava em 10 km/h, quando muito, e mesmo assim passei diversos veículos.

Ter a sensação de estar mais rápido que aquelas pessoas todas dentro do carro é muito legal. Parece até que corri mais rápido do que deveria. A sensação de liberdade é muito bom e também é bom saber que não era eu dentro do carro, como já aconteceu algumas vezes. Quando tem fila na Beira Mar, gosto de correr junto com os carros porque sou mais rápido e passo vários. Sobre o treino? Sem dores em 43 minutos. Até pensei em correr mais, mas não há motivos para aumentar a distância e o tempo de forma tão acelerada. Assim parece que está funcionando bem.

(Visited 50 times, 1 visits today)
Enio Augusto
Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.
https://porfalaremcorrida.com/blogdoenio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *