Coluna do Enio – O melhor horário para treinar

No último post, falei do vento e de como ele se faz presente na Beira Mar e atrapalha os treinos. Na semana passada mesmo, resolvi testar um novo horário para correr, a fim de evitar esse companheiro de treino tão indesejável. Acordar às 4:30 ainda está fora de cogitação. Mesmo dormindo antes das 22h, não é algo que consiga fazer com normalidade. Dito isso, o treino na parte da manhã, embora acredite ser o melhor para correr, ficou só para os fins de semana.

Já que pela manhã era complicado, fiz uns testes no horário logo após chegar em casa do trabalho, ali pelas 13:30. Chego, troco de roupa e vou correr. O almoço fica para depois, quase 15 horas. Fiz treinos de rodagem confortável e treinos intervalados e todos eles renderam muito bem. O vento ainda se faz presente. Não tem jeito. Passou do meio-dia, ele bate o ponto ali na Beira Mar. O bom é que nesse horário fujo da preguiça que sempre dá depois do almoço.

Entretanto, o vento ainda é mais fraco e menos chato do que no fim de tarde, a partir das 16 horas. Nesse horário depois das 13:30, evito um pouco do vento e pego um pouco do sol. No outono e no inverno pode ser muito bom por causa do frio. Fora que a Beira Mar está praticamente vazia e posso correr sozinho quase o tempo todo. O melhor horário para treinar é aquele que você pode e rende melhor. Por enquanto, o meu nos dias de semana está sendo no começo da tarde, antes do almoço. Os testes continuam. E os treinos também.

Sob a orientação do Adriano Bastos Treinamento Esportivo. Conheça mais da assessoria clicando na imagem abaixo.

adriano bastos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *