Nome pomposo

A minha visita ao médico rendeu que pelo menos agora eu sei o nome da minha lesão. Antes eu já tinha a rotura do menisco medial, mas não era um nome que parecia explicar muita coisa. Agora não. Agora eu tenho uma TENDINITE FIBULAR, um belo de um nome.

Quando as pessoas me perguntam se estou correndo, falo que no momento não estou por causa de um problema no pé. Se a conversa evolui, já falo da tendinite fibular. O nome é bonito e não assusta tanto. Antes eu falava rotura do menisco e o pessoal ficava meio assustado.

Continuo com a rotura do menisco medial, mas isso não me impede de correr. O que me incomoda na execução da corrida é a tendinite fibular, essa com nome mais lindo. Vocês não acham mais legal ter uma lesão assim?

Ok, não ter a lesão é melhor, mas se for para ter que seja com um nome que transmita certa pompa e não assuste tanto. Seguimos com a fisioterapia e parece que amanhã vou tentar correr intercalando com caminhada. Aguardem as novidades.

2 respostas a “Nome pomposo”

  1. Oi Enio, além do nome “pomposo” é sempre bom indicar uma personalidade que passou pelo mesmo problema. Atualmente eu tive que reduzir o volume semanal de treino por causa de um “estiramento de grau 1” na coxa esquerda. O mesmo caso do Bolt. Mas optei por tratar aqui no Brasil, em virtude da proximidade dos jogos. Para acompanhar tudo na tv o condicionamento físico tem que ser 100%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *