Geral

Mais longo

No último sábado, seguindo o plano de aumentar aos poucos o tempo correndo, fiz o longo mais longo do ano. Tanto em tempo quanto em distância. Foram 45 minutos e 7,53 km, ritmo de 5:59 min/km. Em janeiro até tinha feito um treino correndo 45 minutos, mas foi mais devagar e com dor no tendão no fim.

O que fiz no sábado, por outro lado, foi dentro da normalidade. O que atrapalhou mesmo foi o calor. Nesse estágio atual, só de rodagens, não vejo necessidade de acordar cedo para correr pouco tempo e sem objetivo de ritmo. Acordei a hora que o corpo quis e fui.

Comecei o treino pouco antes das 8h e já estava quente. Quando passei por um daqueles relógios com temperatura, vi que às 8h30 estava 29ºC. Aí está o motivo do treino ter passado a impressão de ser bem pior do que o ritmo médio mostrou depois.

Gostei deste treino porque consegui ser mais constante desde o começo e no fim ainda acelerei um pouco. Das 7 parciais, 4 foram com ritmo abaixo de 6 min/km. Aos poucos, parece que tudo vai se encaixando. Não temos pressa, mas foi legal fazer o primeiro treino do ano com ritmo abaixo de 6.

Durante esta semana estou tentando correr pelo menos 40 minutos por treino, só rodando. Em alguns, um pouco mais rápido, em outros, pendendo mais para o trote. No sábado quero correr 50 minutos. Penso em aumentar 5 minutos a cada sábado e chegar no fim de março com 1h10 de treino longo.

(Visited 40 times, 1 visits today)
Enio Augusto
Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.
https://porfalaremcorrida.com/blogdoenio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *