Dicas

Dicas para correr na estrada

corrernarua

Dependendo de onde você more, encontrar um bom lugar para correr, sem trânsito e sem movimento, é muito difícil. Muitas vezes, temos que sair para as ruas e estradas, que são os lugares que sobram para correr. Os perigos de correr na estrada, porém, são inúmeros. Todo cuidado é pouco. Todo corredor é um alvo fácil e frágil. Quem não tem pista de atletismo, ou um parque ou qualquer outro espaço longe do trânsito louco dos nossos dias sai às ruas para fazer seu treino. Abaixo, seguem 8 dicas para correr na estrada com segurança:

Cuidado com os motoristas tecnológicos
Quando corremos nas ruas, recomenda-se sempre estar na direção contrária dos carros, para que você veja os carros e os carros vejam você. Usar roupas reflexivas, principalmente à noite, e evitar ouvir música também vão ajudar. Nada disso vai garantir que ninguém vai te atropelar. Motoristas sem atenção existem aos montes. O que mais se percebe são motoristas tendo sua atenção desviada devido aos gadgets que temos atualmente. Programar GPS, mexer no som do carro, mandar mensagem pelo celular, tudo isso e muito mais acaba tirando a atenção e tornando os corredores alvos fáceis. Competir contra a tecnologia é difícil. Por isso, as medidas acima podem ao menos diminuir o risco de acidentes.

Espere o inesperado
Pensar que nunca nada vai acontecer com você é o primeiro erro. Quando corremos nas ruas, devemos nos antecipar e evitar ruas e áreas de risco, como saídas de colégios ou faculdades, bares e restaurantes. Não bastasse isso, também temos que ter cuidado com o que acontece em volta, com os padrões de estilo de vida. Uma simples mudança na economia pode fazer com que as pessoas passem mais tempo trabalhando, cansem mais e dirijam para suas casas cansadas, com a atenção diminuída. Isso vale também para os corredores, que podem ser afetados e ter menos atenção. Outro ponto importante é não correr muito cedo em estradas sem acostamento. Pela manhã, as pessoas podem estar cansadas por levantar cedo e não ter a atenção em 100%.

Trabalhe com os motoristas, não contra eles
Corredores e motoristas convivem em um mesmo frágil ambiente. Se os dois quiserem ter a razão, sem ceder, o caos está formado. Gentileza gera gentileza. Faça a sua parte, corra de forma segura, não de forma raivosa. Ser cortês e seguir as regras de trânsito vão passar uma boa imagem dos corredores para os motoristas e pessoas que não correm. Nós corredores não somos o centro do mundo.  Nem os motoristas são. Sendo gentis, a reação dos outros pode ser muito melhor e mais amigável.

Conheça as leis de trânsito existentes
Caso aconteça um atropelamento ou acidente, a primeira coisa, logicamente, será buscar ajuda médico para as eventuais lesões e machucados. No entanto, o mais breve possível é recomendável fazer o boletim de ocorrência para as autoridades e, se for o caso, chamar um advogado. Relate as circunstâncias do acidente: local onde aconteceu, hora do dia, condições do tempo, o que você estava usando, enfim, tudo o que lembrar. Qualquer detalhe pode ajudar na hora da decisão da indenização.

Faça opções seguras
Nos últimos anos, é nítido o crescimento dos corredores. Isso significa mais gente correndo nas ruas, dividindo espaço com veículos e pessoas. Prefira áreas onde a possibilidade de ocorrer algum acidente é menor. Uma pesquisa indicou que a maioria dos motoristas deixa um distância mínima entre o carro e um objeto (neste caso, o corredor). Muitos motoristas, quando possível, preferem ficar na pista ao lado quando veem um corredor ou ciclista, mas não devemos contar com isso. Quando um carro se aproximar, é melhor sair da rua voltar para a calçada.

Tenha cautela
Nos semáforos, certifique-se de que todos os carros estão parados e que haja visão completa. Sempre pode haver um caminhão obstruindo a visão da outra pista. Além disso, tome cuidado no sinal amarelo. A maioria dos motoristas entende o sinal como ACELERE e alguns passam inclusive no sinal vermelho. É sempre bom pensar que o motorista nunca está nos vendo. Antecipar os movimentos. Carros dando ré dificilmente tem uma visão completa da rua e do corredor que possa estar passando por ali no momento. Nas subidas, os motoristas podem ter, de repente, sua visão bloqueada, seja pelo brilho do sol ou paisagens. Esteja preparado para sair da estrada e procura usar roupas que sejam visíveis de longe. Já nas curvas cegas, muito fechadas, tente ir pelo lado oposto, para ter uma visão maior e evitar surpresas. Depois, volte para onde estava. Caso seja uma rodovia ou estrada com movimento que impeça tal mudança, o ideal é não arriscar e andar no acostamento ou até fora dele, pelo mato na beira da estrada.

Resumo das regras da estrada para evitar acidentes:

  • Sempre pense que o motorista não está te vendo e nem vai ver
  • Corra no sentido contrário ao do trânsito, para ver e reagir rapidamente quando for preciso
  • Em uma esquina ou sinal, espere o motorista parar ou autorizar sua passagem e agradeça
  • Deixe uma distância mínima entre você e o veículo
  • Esteja preparado para sair da estrada
  • Se estiver correndo em grupo, corram em fila quando carros estiverem passando
  • Faça sinais com a mão que indiquem a direção que você vai seguir
  • Respeite os direitos dos motoristas
  • Corra com documento de identificação e, se possível, com telefone celular para casos de emergência. Uma pulseira com nome e telefone de contato também são úteis
  • Veja com a polícia quais as regrais locais de trânsito caso esteja em uma cidade diferente

Post traduzido. Link original:
http://www.runnersworld.com/running-tips/collision-course

(Visited 552 times, 1 visits today)
Por Falar em Corrida
Podcast sobre corridas de rua.
https://porfalaremcorrida.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *