Relatos de Corridas

Corrida e Caminhada Pela Cura – 30/08/2015

Corrida e Caminhada Pela Cura
30/08/2015
Florianópolis – SC – Brasil
7 km e 14 km e caminhada de 3,5 km

Resultados

Relato de prova enviado pelo Ronaldo Silva.

Os valores da inscrição eram:
R$ 58,00 – 1º lote até dia 10/07
R$ 67,00 – 2º lote de 11/07 a 27/08 – (lote prorrogado)
Inicialmente havia um 3º lote de 11/08 a 27/08 no valor de R$ 76,00. Como 2º lote foi prorrogado, este não foi habilitado.

Durante a inscrição era possível doar um valor de R$ 10,00 diretamente para AVOS, Casa da Vovó Gertrudes. Quem doava recebia o número de peito exclusivo desenhado pelo artista Luciano Martins.

A entrega dos kits foi no sábado, 29/09/2015, das 12h às 21h30 na loja Decathlon da SC-401 em Florianópolis. Era necessário assinar um termo informando que o corredor não tinha nem problema de saúde e se responsabilizava por algum dano ocorrido durante o evento. No domingo, dia da corrida, não houve entrega de kit.

O kit era composto por camiseta de manga longa em tecido tecnológico, número de peito, medalha para todos que concluíram a prova, chip eletrônico descartável, brindes promocionais e folders dos patrocinadores.

O evento iniciou às 8h e a estrutura foi montada na areia da praia em frente ao Hotel Costa Norte. Havia três tendas: uma para o guarda-volumes, uma para a hidratação e uma com equipamentos de som. Além disso, a estrutura contava com o pódio e funil de largada e chegada, além de uma ambulância e banheiros químicos.

A largada foi pontualmente às 9h para todos os inscritos em todas as distâncias. A largada foi na areia, saindo em direção ao costão do lado esquerdo da praia. Nos primeiros 150 metros foi montada uma ponte provisória para a travessia de um rio que desemboca no mar. Dali pra frente, os corredores tinham que fazer o retorno próximo ao costão e entrar em uma trilha que saía no início da Rua das Gaivotas. Em seguida, dobravam na Rua Morro das Feiticeiras e retornavam pela Rua das Galés até chegar novamente a Rua das Gaivotas, onde havia um posto de hidratação, aproximadamente no km 3,5. Dali, os corredores seguiam até o fim da Rua Álvares Cabral Júnior, retornando novamente para Rua das Gaivotas e fazendo o contorno em mais duas rua próximas, onde havia outro posto de hidratação, até passar por um acesso e sair na praia, de onde se ia em direção à ponte provisória, fazendo o retorno próximo a ela, voltando em direção ao funil de largada. Quem fez os 7 km passou por dentro do funil de chegada e quem fez os 14 km passou por fora, seguindo pela praia no sentido do Costão do Santinho, onde havia mais postos de hidratação, até o fim da praia próximo às dunas para então retornar até a chegada.

Se foi difícil de explicar como foi o trajeto, imagina correr. Foi realmente muito confuso. A prova teve início na praia, mas quem correu os 7 km passou praticamente em ruas desertas e sem graça, não aproveitando muito o prazer de correr na areia da praia, com o apoio da torcida. Durante o trajeto dos 14 km, próximo ao km 10 havia um posto de hidratação, mas foi montado em um local afastado de onde os corredores passavam, sendo que muitos não viram e não conseguiram se hidratar (eu sou um deles). Além disso, ouvi muita reclamação que o horário de largada foi muito tarde. Como o dia estava quente e ensolarado, ficou um pouco desagradável para correr.

Foram premiados com troféus do primeiro ao terceiro colocado no masculino e feminino nas provas de 7 km e 14 km e também os primeiros colocados na classificação de cada categoria por idade. Todos que concluíram a prova receberam uma medalha de participação. No entanto, houve outra falha: a medalha entregue era do ano de 2014. Só fui perceber quando cheguei em casa.

Enviei uma mensagem para os organizadores na página do Facebook do evento, informando que a medalha era do ano passado. Outras pessoas também enviaram mensagens, demonstrando insatisfação. Eles responderem o seguinte: “Ronaldo, tivemos um problema com o fornecedor que enviou as fitas das medalhas erradas. Todos os atletas receberam as fitas certas pelo correio ou contato que deixou na inscrição. Pedimos desculpa pelo transtorno, mas não vamos medir esforços para que esse erro seja corrigido. Obrigada”. O que nos resta é esperar.

*Participou de alguma corrida e quer contar como foi? Faça como o Ronaldo e envie o seu relato de prova para o Por Falar em Corrida.

Kit
(Visited 19 times, 1 visits today)
Por Falar em Correr
Podcast sobre corridas de rua.
http://porfalaremcorrer.com

One thought on “Corrida e Caminhada Pela Cura – 30/08/2015

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *