Corrida dupla

Sábado foi dia de treino duplo de corrida. Não sabia bem o que iria acontecer, mas no fim de semana fica mais fácil de planejar as coisas. O primeiro treino era um intervalado. Tiros curtos e intensos. Foram 5 vezes de 30 segundos, mais 4 vezes de 45 segundos e mais 3 vezes de 1 minuto. Todos eles tentei fazer no esforço máximo possível.

Até que gostei do resultado. Todas as 12 repetições foram abaixo de 5 min/km. A pior foi a segunda de 1 minuto, que saiu a 4:41 de ritmo, muito por causa do vento contra na Beira Mar de São José. Tentar esquecer do joelho e sair da zona de conforto tem ajudado a correr mais rápido. Ainda não é como eu gostaria, mas já está melhor do que nos últimos treinos. Falta mais confiança, mas ela já está aumentando depois dos treinos de quinta e sábado.

Fosse apenas este treino intervalado no sábado, estaria satisfeito com o resultado. No entanto, ainda tinha a segunda parte à tarde. Teria que dar um intervalo de pelo menos 3 horas entre um e outro. Como sábado gosto de acordar sem hora, comecei o treino às 10h23. Terminei pouco depois das 11h. O segundo treino do dia queria começar antes das 17h e deu certo. Iniciei às 16h45.

Além do cansaço do treino da manhã, outro obstáculo que poderia surgir era o clima. A previsão era de que o sábado poderia ter chuva e vento. Felizmente, quando saí para correr o vento deu uma acalmada e a chuva apareceu em formas de pequenas gotas esparsas. Estava me sentindo bem e tinha a impressão de que poderia fazer um bom segundo treino no dia.

O planejado eram 20 minutos de trote e 15 minutos mais forte. Os primeiros 20 minutos não fiz tão fraco, já que meu objetivo era fazer o ritmo médio da atividade abaixo de 6 min/km. Corri de olho no relógio. Fiz 3,36 km em 20 minutos, ritmo médio de 5:57. Já estava dentro do planejado. Os ritmos a cada quilômetro foram de 6:16, 5:50, 5:49 e 5:48 nos 300 metros finais.

Os 15 minutos forte tinha a ideia de correr mais de 3 km, ou seja, menos de 5 min/km. Queria pelo menos tentar. O começo foi promissor, mas depois de 300 metros já caiu o ritmo. Fiz 2,94 km nesses 15 minutos, ritmo médio de 5:06. Não consegui baixar dos 5, mas fiquei perto. As voltas saíram em 5:11, 5:08 e 5:00 na última, quase um quilômetro cheio. Projetando, daria 3 km em aproximadamente 15:19. Tendo em vista os tiros da manhã, ficou excelente o ritmo.

Gostei do treino de sábado. Pela manhã, consegui ritmos mais rápidos e constantes. Depois, à tarde, mesmo no aquecimento, o ritmo saiu bem mais rápido do que o imaginado. Claro que gostaria de ter feito mais de 3 km nos 15 minutos, mas era mais uma vontade do que algo fácil. Era possível, mas faltaram alguns segundos. O resultado final de tudo superou as expectativas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *