Como funciona o DataEnio

O DataEnio é um instituto que tem como objetivo reunir todas as minhas manias. Desde conferir estatísticas das provas, número de concluintes, elaborar dados até a aferição das distâncias das corridas. A área em que o DataEnio mais atua é esta última: as distâncias corretas nas provas. Se você compra três repolhos e te entregam dois, está errado, não? (Baita exemplo). Porque então estaria errado e seria chato reclamar de uma prova de 10 km que tem 9,8 km? Não está e não é.

Hoje vamos falar sobre como funciona o DataEnio para validar distâncias em uma prova e, consequentemente, homologar meus recordes pessoais. Antes de começar, lembro que já fizemos o PFC 113 sobre recorde pessoal, onde explico um pouco o que vou escrever abaixo. Outro adendo é que este é o MEU critério. Cada um pode ter o seu do jeito que bem entender. Acredito que é importante ter algum. Uso este critério para analisar as minhas corridas. E das outras pessoas também.

O DataEnio já atuou fazendo as estatísticas dos concluintes da Corrida de Angelina.

Como funciona? Simples:

  1. Prova aferida oficialmente pela CBAt, IAAF e coisas do tipo, com certificado e tal, pelos medidores credenciados.
  2. Se o 1 não der certo, no Brasil não são todas as provas que tem isso, prova aferida pela organização com aquelas bicicletas calibradas ou algo do tipo. Não precisa ser oficial, desde que esteja medida e com a distância correta.
  3. Em qualquer uma das hipóteses acima, o GPS precisa marcar a mais.
  • Se o 1 e 2 não for possível, vai complicar. Não é o ideal, mas pode ser medido pelo GPS. Sou chato, mas razoável. Porém, dificilmente algum organizador vai falar que mediu por GPS ou Google Maps.

Observações:

  • Vale apenas para corridas de rua, asfalto. No meu critério não entram provas em trilhas e montanha. Tais provas são um mundo à parte.
  • O GPS usado precisa ser Garmin ou algum outro relógio GPS de pulso. Aplicativo de celular não conta. Eles são muito mais imprecisos. No meu caso, é o Garmin, o mais preciso de todos os imprecisos.
  • Se o Garmin der a menos, nem considero os tempos e recordes (exceto no caso do número 1 lá de cima) . Faço projeção, mas não é válido para homologar um recorde pessoal.
  • Se o Garmin der MUITO a mais, também temos problemas, porque ele não erra tanto assim.
  • Se o Garmin der exatamente a distância, é ruim. O GPS não pode dar exato. Ele não é preciso a este ponto. Fico muito relutante em considerar um recorde pessoal assim.
  • Considero ideal o GPS marcar aproximadamente 1% a mais do que a distância da prova. Pode ser um pouco mais de 1% ou um pouco menos, mas tem que ser maior do que a distância da corrida.
  • Não acho plausível em uma corrida de 10 km o GPS marcar 9,98 km. São 20 metros, oras. Você pede uma pizza gigante e vem uma pequena. Qual o problema, não é mesmo?

3 respostas a “Como funciona o DataEnio”

  1. Fatores a considerar:
    Velocidade e precisao de ligar e desligar o garmin (no meu caso eu fico tao empolgada ao cruzar que esqueco)
    Comentario do pessoal (se realmente todo mundo percebeu que tinha a mais ou a menos)
    Garmin de outras pessoas que fazem provas mensuradas oficialmente.

    A ultima de 5k que eu fiz era da USAT que ‘e a mais precisa e no meu Garmin deu 5,07km como voce disse. Na foto da chegada da pra ver eu de bracos abertos achando que ganhei, ou seja, nao foi ali que eu desliguei. 5km cravado.

    Tambem tem que contar curva. Se voce passa muito na tangente, etc etc…

    Nao ‘e so no Brasil que tem esses erros. Fiz uma prova aqui de 5km (que ainda bem era parte do meu longao) que tinha 4,70km e minhas amigas fizeram uma 5k que tinha…. 6,3!!!!

    Acho que vale pesquisar a mesma prova de ano anterior pra decidirmos se vamos ou nao 🙂 Concordo contigo quando eu pago por uma melancia, nao quero uma melancia menos uma fatia ! quero ela inteira!

    1. Mesmo que você demore para desligar, na hora que passou vai dar a mais um pouco no GPS. Quem está preocupado com o tempo, raramente esquece de apertar muito tempo depois. 😀
      No meu critério, precisa dar a mais. Quanto mais curvas, maior vai ser a distância no GPS. Geralmente consulto todos os outros GPS de quem conheço. Para não em basear apenas no meu.
      Com toda certeza do mundo, tem que saber que tipo de prova está participando e quem está organizando. Algumas daqui eu já sei que não vai ter e nem perco meu tempo.
      Já, por exemplo, a Carlsbad, eu vou até sem GPS haha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *