Dicas

Como evitar a poluição do ar ao correr

Correr deveria ser bom para as pessoas, mas frequentemente elas correm em ambientes urbanos e acabam colocando em risco a saúde por causa da poluição do ar. De acordo com a Associação Americana do Pulmão, os efeitos nocivos da poluição do ar podem incluir tosse, falta de ar, asma aguda ou crônica, comprometimento da função imune, danos ao coração, inchaço dos pulmões e câncer de pulmão. Também pode ser um fator negativo na saúde reprodutiva para adultos e causar danos no desenvolvimento de crianças pequenas.

As pessoas que se exercitam com frequência em áreas ou em dias com níveis elevados de poluição estão em maior risco do que a população em geral. De acordo com o relatório da associação, nos Estados Unidos, mais de 4 em cada 10 pessoas vivem onde os níveis de poluição são muitas vezes perigosos à respiração. Felizmente, seja qual for o lugar, cidade ou país, existem algumas medidas preventivas que podem ser tomadas para reduzir a exposição à poluição e os riscos associados.

Conhecer as condições locais
É importante estar atento às condições dos locais onde se corre no que diz respeito à qualidade do ar. Na internet, há várias formas de se consultar os níveis de poluição da região. Também é importante estar atento a eventos temporários que possam constituir um risco maior, como vazamentos de produtos químicos, incêndios ou queimadas.

Correr de manhã cedo ou tarde da noite
Correr antes ou depois do horário de maior movimento reduz a exposição aos poluentes porque há menos poluição no ar. A tendência também é ser um pouco mais frio durante esses períodos do dia (especialmente de manhã) e temperaturas elevadas geralmente correspondem a níveis mais altos de poluição.

Correr com tempo ruim
Chuvas e ventos fortes, muitas vezes, naturalmente, reduzem a poluição do ar. Por isso, não é preciso ter medo de correr em dias de chuva leve, por exemplo. Dias com tempestades e ventos muito fortes devem ser evitados por razões de segurança.

Considerar a poluição quando for escolher o percurso
A localização é o maior fator de poluição do ar do qual se tem controle. Correr em um ambiente arborizado, longe de fontes de poluição é o ideal, mas ainda é possível reduzir significativamente a exposição à poluição em áreas mais urbanas.

Vales de baixa altitude tendem a ter níveis mais elevados de poluição do ar do que áreas planas ou colinas. Para moradores de vales, pode valer a pena correr fora dessa área às vezes.

Áreas industriais devem ser evitadas o máximo possível. Elas podem contem não só a poluição mais comum, como partículas de ozônio e de monóxido de carbono, mas também de outros poluentes mais perigosos, tais como dióxido de nitrogênio, dióxido de enxofre e chumbo

Por fim, caso se corra no meio da cidade, é recomendável evitar áreas rodoviárias com cruzamentos controlados por sinal de trânsito, onde os veículos ficam parados por alguns períodos de tempo. Estradas de parque e trilhas são locais ideais, mas a maioria das ruas residenciais irá atender a essa condição também.

Link da matéria em inglês: http://www.active.com/running/articles/how-to-avoid-air-pollution-on-your-next-run.

(Visited 154 times, 1 visits today)
Por Falar em Correr
Podcast sobre corridas de rua.
http://porfalaremcorrer.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *