Geral

As corridas que não fui

Estava pensando outro dia e me dei conta que este ano mais não participei de corridas do que participei. Explico. Este ano, corri apenas duas provas: a Run, Floripa! em abril e a Meia de Floripa em junho. No entanto, além dessas duas provas, estava inscrito em outras quatro: K21 Costa da Serra, Maratona do Rio de Janeiro, Corrida Adria Santos e Mountain Do Costão do Santinho.

Ou seja, tive oportunidade de participar de seis corridas em 2016 e só fui em duas. Em todas não fui por causa de alguma das dores que tive este ano. A que era mais distante era a Maratona do Rio de Janeiro. Como ganhei a inscrição para a maratona e no mesmo dia tinha uma prova de concurso, acabou ficando de lado.

Foi a única que cogitei ir porque era no Rio e valeria a pena a visita. As outras três foram aqui em Santa Catarina mesmo e não tive vontade nem para ir olhar, exceto pela corrida em Joinville, que fui em uma excursão com os amigos e valeu pelo passeio, viagem e almoço no retorno.

Se minha memória não estiver errada, estou inscrito em mais três provas: a Corrida Volta à Lagoa aqui em Florianópolis em agosto, a Asics Golden Run Brasília em novembro e a Volta da Pampulha em dezembro. Do jeito que o ano se encaminha, o momento atual mostra que é mais provável é não estar em nenhuma delas.

A parcial do momento apenas 33% de participação em provas e 67% de ausência. Seria 66%, mas vamos arredondar para cima a parte das não presenças. Parece que em julho volto a correr, mas isso ainda está na categoria de boatos que estão bem longe de ser verdade.

(Visited 61 times, 1 visits today)
Enio Augusto
Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.
http://porfalaremcorrida.com/blogdoenio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *