Beach & Mountain Challenge – 07/12/2014

IMG_0666Beach & Mountain Challege
07/12/2014
Florianópolis – SC – Brasil

Valor da Inscrição
21 km: R$ 150,00
7 km: R$ 120,00

Retirada do kit
Retirada apenas no sábado, na Decathlon, perto do Floripa Shopping. Meio fora de mão e precisou de deslocamento exclusivo para realizar a retirada. A entrega poderia ser também na sexta, para dar mais oportunidade para os atletas retiraram o kit. A loja é grande e os atletas que pretendiam comprar algumas coisas tinham várias opções. A entrega foi informatizada, com inscrição conferida na tela do computador.

Kit
O destaque do kit foi a viseira, que podia ser escolhida na cor preta ou branca. A camisa de poliéster não é a melhor opção para correr, mas pode ser útil para usar no dia a dia. Também veio um copo que deveria ser levado para o evento para tomar água nele, já que o evento não forneceria água em recipientes descartáveis. A foto do kit pode ser vista no nosso Instagram e Facebook.

Largada
A largada, que deveria ser às 8h, atrasou 40 minutos. Já às 8h estava bem quente, prejudicando os atletas, principalmente os que correram os 21 km e tiveram que encarar o “Morro Maldito”. Os atletas de 21 e 7 km estavam juntos no mesmo curral de largada, mas saíram em momentos diferentes, sendo que os atletas dos 21 km dois minutos depois dos 7 km. Foi bem tranquilo.

Percurso
Talvez seja a primeira vez que com uma prova na região do Pântano do Sul, em Florianópolis (SC). Foi um percurso novo e diferente. Tomara que se repita mais vez. No entanto, algumas coisas atrapalharam um pouco. Logo depois de 200 metros, o acesso à rua ao lado do Bar Arante tinha muitos carros estacionados lado a lado e os atletas foram obrigados a se estreitarem para passar entre os carros antes de entrar na rua com calçamento. Após essa rua, os atletas entravam na rodovia que ia em direção à Praia da Solidão. Nessa rodovia, os atletas ainda estavam compactados, em blocos e o trânsito não estava fechado, fazendo com que os atletas tivessem que dividir espaço com os carros. Como não existe acostamento ou calçada nesse trecho, apenas a pista, foi um pouco arriscado. Até ônibus veio no sentido contrário dos corredores. No fim dessa rodovia, os corredores subiam um morro bem íngreme, ponto de maior dificuldade do trajeto. Passando pelo morro, entravam na praia, com o vento muito forte causando mais dificuldade por cerca da 2,5 km.

Hidratação
Na prova de 7 km, hidratação nos 2,5 km, 5,5 km e 6,5 km. Água suficiente, mas eram apenas dois staffs em cada posto, o que causou alguns percalços, como atletas tendo que parar para pegar água. Os staffs tentavam atender a todos e ter dois braços não foi suficiente. Também estavam muito próximos um do outro, praticamente encostados. O segundo posto de hidratação poderia estar um pouco antes, no meio da subida ou no topo do morro, para aproveitar o momento de caminhada dos atletas. Este segundo posto ficou na entrada da praia e os atletas acabaram jogando todos copos na areia da praia, o que dificilmente consegue ser 100% limpo. O terceiro e último posto era na praia e colocaram apenas duas caixinhas como local de descarte dos copos, mas poucos atletas as viram. Mesmo se vissem, não seria suficiente para todos os copos. Poderiam ter sido colocados cestos maiores. Os atletas que fizeram os 21 km tinha água a cada 2 km, aproximadamente, e receberam uma garrafa de isotônico gelado no retorno. Na volta, porém, os dois primeiros postos de água já não tinham mais água. Nos dois postos seguintes, os atletas voltaram a encontrar água. Faltar água é gravíssimo.

Distância
A organização disponibilizou no site um mapa do percurso. Na prova de 7 km foram aproximadamente 7,5 km. Essa informação já estava no site e no panfleto que veio no kit. Mesmo assim, vários atletas achavam que seriam só 7 km. O locutor poderia ter alertado para esse detalhe nos comunicados feitos minutos antes da largada, mas enfatizou que seriam 7 km. Nos 21 km, a distância anunciada no site também estava de acordo com o que os atletas correram.

Pós-prova
Havia uma tenda pequena ao lado da chegada, com poucas frutas. Duas bacias com algumas maçãs e outra bacia com algumas bananas e apenas isotônicos (a maioria não estava gelado). Não estava muito organizado. Não tinha água para quem não tivesse o copo que veio no kit, mas ninguém tinha o tal copo. Alguns atletas até tentaram pegar alguns copos que estavam sobre a mesa para se servir, mas foram impedidos por uma pessoa do staff que logo tirou os copos dali. Pós-prova sem água suficiente é falha grave. Os atletas que por ventura tivessem levados seus copos não teriam onde deixá-los, já que não havia guarda-volumes no evento. Alguns atletas pegaram copos descartáveis do chão para poderem tomar água. Para os atletas dos 21 km, o isotônico já havia acabado. Os poucos que conseguiram pegaram isotônico quente. A água era em galão, mas precisava do copo e havia muita fila. Havia também energético.

Medalha
Medalha simples, como vocês podem ver na foto do post. Não teve o nome do evento, sem data e distância, sendo igual tanto para quem correu 21 km quanto para quem correu os 7 km. A fita também era bem simples, monocromática e trazia o nome e a logo do evento. Alguns atletas dos 21 km acabaram recebendo medalha que eram do evento de SUP, na cor amarela, diferente da cor verde da medalha da corrida. Parece que acabaram as medalhas.

Concluintes
Total: 311
21 km: 133 – 101 homens – 32 mulheres
7 km: 170 – 92 homens – 78 mulheres
7 km PNE: 8 – 6 homens – 2 mulheres

Resultados

  1. Jurandyr Couto Junior – 01:20:27
  2. Giliard Altair Pinheiro – 01:23:57
  3. Marcio Pasqualini – 01:28:05
  1. Silvia Durigon – 01:52:14
  2. Debora Aparecida de Simas – 01:52:48
  3. Maria Clara Ruschel Hillmann – 01:59:39

Comentários finais
O evento se anunciou como o maior evento multiesportivo do sul do país, com corrida, aquathlon, natação e stand up paddle race. Não recordamos se houve evento com tantas modalidades assim pela região, mas ficou claro que tem alguns aspectos a serem melhorados, até pelo valor da inscrição. Pelo que foi anunciado, esperava-se mais do evento. A ideia é muito boa e o local melhor ainda. Precisa apenas de alguns ajustes. Hidratação, largada atrasada e pós-prova foram os pontos que apresentaram mais problemas.

*Participou da prova? Concordou com a análise? Discordou? Quer acrescentar alguma coisa? Entre em contato ou deixe sua opinião nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *