Geral

Adaptando e correndo

Nesta semana, estou adaptando os treinos. Como domingo tenho a Run, Floripa!, a primeira prova do ano, de 5 km, alterei um pouco os dias que os treinos acontecem. Para deixar o domingo livre para correr forte sem ter feito o longo no sábado, adiantei as coisas. Depois do longão de sábado, fiz um trote no domingo e já na segunda fiz o intervalado.

Normalmente, os intervalados são às terças e quintas, mas pensando em conseguir fazer um longão e também em correr a prova de domingo mais descansado, coloquei os intervalados desta semana na segunda e na quarta, com uma trote preguiça no domingo e uma rodagem na terça. O intervalado de segunda não foi muito bom, ainda estava sentindo os efeitos das 2 horas de sábado.

Na terça-feira, o treino saiu melhor e o intervalado de ontem saiu muito bom. Foram 14 x 1’30” e o objetivo era manter a média abaixo de 4:40 min/km. Penso em correr a meia maratona perto deste ritmo e fazer intervalados com ritmo maior não adianta de nada. Se no momento de fazer mais força o ritmo sai mais lento, dificilmente o resultado vai ser alcançado na meia.

Hoje me dei folga para chegar descansado para o longão, que ficou para sexta. No caso, simulei na quinta a folga da sexta. Até poderia ter feito um trote, mas já são sete dias seguidos correndo. É bom ter um descanso. Farei o longão na sexta pela manhã, com distância e tempo ainda não definidos. Sábado farei uma rodagem leve para domingo tentar correr forte e fazer uma boa prova de 5 km.

Se fosse uma prova de maior distância, não faria essa adaptação. Colocava um trote na sexta e no sábado e corria domingo. Fiz para não perder o longão de sábado e não prejudicar a prova de domingo com o pouco tempo de recuperação entre um e outro. Como o foco é a meia maratona, prefiro fazer o longão na sexta. Assim, mantenho o volume e ainda posso tentar alguma coisa no domingo.

(Visited 79 times, 1 visits today)
Enio Augusto
Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.
https://porfalaremcorrida.com/blogdoenio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *