Geral

A fisioterapia

Comecei a fisioterapia dia 5 de julho, terça-feira da semana passada. A princípio, são dez sessões. Amanhã tem a nona e segunda termino. Ainda tenho uma outra requisição para a fáscia do pé direito. O médico falou que ela não era alongada e isso poderia ter também ajudado a causar a tendinite fibular.

Talvez eu utilize porque gostei da fisioterapia. Claro que ter que começar fisio (já somos íntimos e eu tenho preguiça de escrever sempre por completo) não é o que ninguém deseja. Quando isso acontece, é sinal de que algum problema aconteceu. Só que você pode ver também o copo meio cheio.

Na fisioterapia, aprendi alguns exercícios que posso fazer em casa, sem aparelhos especiais ou coisas mirabolantes. Alguns eu já conhecia, mas quando estamos em casa nunca botamos em prática. Já na fisio, com horário marcado, você se obriga a fazer. E fazer bem feito. Por, no mínimo, duas razões no meu caso

Primeiro, quero voltar a correr e ficar fazendo de qualquer jeito só para ir embora o quanto antes não adianta. Se vai lá, que faça direito. Faço a minha parte e espero que o resultado disso seja uma melhora no problema apresentado. A segunda razão é porque estou pagando. Oras, é um dinheiro que nem tenho para ficar gastando. Tem que fazer valer a pena e aproveitar. Sinto sinais de melhora, ainda que seja uma progressão bem lenta do quadro. Há momentos em que sinto alguns incômodos. Pode ser psicológico, pode não ser. De qualquer forma, a situação já é melhor do que no mês passado.

Um dos objetivos depois que terminar a fisio, além de, é claro, voltar a correr sem dor, é fazer em casa esses exercícios simples que não precisam de muitos equipamentos. O legal desses exercício é que conseguimos trabalhar algumas regiões importantes na corrida e também para tentar prevenir futuros problemas. Precisa apenas de força de vontade e de querer fazer, sem inventar desculpas. Separar meia hora do dia e pronto. É isso que pretendo fazer.

(Visited 68 times, 1 visits today)
Enio Augusto
Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.
https://porfalaremcorrida.com/blogdoenio

2 thoughts on “A fisioterapia

  1. Grande Ênio! Bom que a sua fisioterapia esta ajudando. No meu caso, fiz pela primeira vez e achei uma baita perda de tempo. Foram só alguns alongamentos, bem simples, como já estava acostumado a fazer e uns aparelhos de ondas. Pelo seu relato e por outros que já ví, um bom profissional da área pode ajudar. Não foi o meu caso. Passadas 3 semanas do estiramento na panturrilha estou voltando a correr. Descanso e natação, foi o que me ajudou. Agora e cuidar pra voltar bem…..e ser mais cada dia mais rápido, que é o que todos nós (ou quase) buscamos! Grande abraço.

    1. Depende também do tipo de lesão. Às vezes, nem tem muito o que fazer com fisioterapia mesmo, né? Muitas vezes, parece que só descansar já ajuda muito. As musculares são as que eu escolheria ter, caso tivesse que ter alguma lesão hehe. Geralmente melhora só com descanso. Precisamos apenas de paciência.
      Vamos se cuidar e tentar voltar bem! Mais rápido, se possível. Se bem que no atual momento, só correr sem dor já é uma vitória haha.
      Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *