Relatos de Corridas

14ª Corrida da Serra da Graciosa – 18/10/2015

14ª Corrida da Serra da Graciosa
18/10/2015
Morretes e Campina Grande do Sul – PR – Brasil
20 km

Resultados
Masculino
Feminino

  • Relato de prova enviado pelo Eduardo Suzuki, do podcast e blog Tênis Certo.

Inscrição da Prova
As inscrições se esgotaram nas primeiras 24 horas. Foi super concorrido. Eram 800 vagas no valor de R$ 140,00 por inscrição.

Retirada do Kit
A retirada do kit aconteceu na loja Procorrer da Rua Vicente Machado, em Curitiba, dois dias antes da prova. A retirada foi super tranquila sem fila ou demora.

Kit
O kit da prova tinha uma camiseta de poliamida, uma viseira, uma amostra de Zero Atrito, um salgadinho, uma eco bag, número de peito, chip descartável, instruções da prova e folhetos de propaganda.

Transporte Oficial da Prova
Todos os corredores inscritos tinham o direito ao transporte oficial da prova. Um ônibus fretado, muito confortável, que saía da região central de Curitiba e levava os corredores até a largada da prova. Os mesmos ônibus serviram de guarda-volumes. Cada ônibus tinha um fiscal para cuidar dos pertences dos atletas.

Largada
A largada foi dentro do horário previsto. Não houve nenhum tipo de tumulto ou empurrões, até mesmo porque nesse tipo de prova as pessoas não correm visando tempo. Um detalhe que percebi foi a falta do tapete de cronometragem na largada. Depois, conversando com os organizadores, disseram que como não há sinal de celular ou rádio no pé da serra, não é possível sincronizar os cronômetros nos dois pontos de marcação. No resultado final, o tempo válido foi somente o bruto.

Percurso
A variação da altimetria é o principal desafio para os corredores. Durante todo o percurso, o ganho de elevação é de 980 metros. E a inclinação máxima é de 7,5%. Somente para um comparativo e entender melhor: o ganho de elevação nos últimos 15 km da Mizuno Uphill Marathon é de 900 metros. A prova acontece na estrada da Serra da Graciosa, uma via estreita com mais de 180 anos. Após um quilômetro da largada, já inicia-se a subida da serra. A paisagem é incrível. Em plena Mata Atlântica, subimos uma via que hora é asfalto, hora é paralelepípedo. A prova é bem dura. Para dificultar mais ainda, o tempo estava fechado e com uma garoa fina.

Hidratação
A hidratação foi perfeita. Foram 6 postos com água gelada em copos descartáveis e um posto com isotônico.

Distância
A distância da prova era de 20 km. No meu Garmin marcou 19,630 km, mas percebi que em partes da serra o sinal do satélite se perdia. Os corredores tinham um tempo limite de 2:30 para a conclusão da prova.

Pós-Prova
Na chegada, todos os corredores receberam um isotônico, uma medalha e um kit lanche. Os primeiros colocados puderam emprestar da organização da prova uma manta. Os ônibus que levaram os corredores para a largada já aguardavam os concluintes na chegada. Como fazia muito frio no lado de fora, os ônibus serviram de abrigo e vestiário para os corredores trocarem a roupa molhada. Dois ônibus tiveram problemas no retorno e atrasaram a chegada. Ao meio-dia, os ônibus saíram em regresso ao centro de Curitiba.

Medalha
A medalha é muito bonita e se destacará no porta-medalhas.

Comentários Finais
Durante a volta, foi muito legal ouvir os comentários dos corredores no ônibus. Todos elogiavam a prova e, mais do que isso, estavam entusiasmados com a experiência de ter subido a Serra da Graciosa. Na minha opinião, a prova foi ótima. Recomendo a todos que pensam em participar no próximo ano. Parabéns a Amazing Run e ao Projeto Correr pela organização.

*Participou de alguma corrida e quer contar como foi? Faça como o Eduardo e envie o seu relato para o Por Falar em Corrida.

(Visited 269 times, 1 visits today)
Por Falar em Correr
Podcast sobre corridas de rua.
http://porfalaremcorrer.com

6 thoughts on “14ª Corrida da Serra da Graciosa – 18/10/2015

  1. Só não entendi a parte “nesse tipo de prova as pessoas não correm visando tempo”
    Eu corri e fiz em 1:43 e vou voltar pra baixar esse tempo.

    1. Oi Andre, eu quis dizer que o tempo e distância não são precisos nesse tipo de prova. Dificilmente, alguém irá reclamar da cronometragem ou que a distância não estava correta. A aferição não é exata. Em provas “rústicas”, você não consegue comparar o tempo de um ano para o outro.

  2. A prova não teve sua distância aferida. Portanto, o que o Garmin marcou tanto faz, tanto fez. É uma prova “tipo 20Km”. Não vejo problema, pois o visual é lindo. O importante é a diversão.

    André, se a prova não é aferida, você pode aumentar ou reduzir o tempo apenas pelo fato de a largada e/ou a chegada serem, ano que vem, em lugares diferentes. Então para que focar em reduzir tempo? Foque na diversão.

  3. Aqui tem uma discussão legal sobre aferição desta prova:

    https://www.facebook.com/events/804808562968221/permalink/845332225582521/

    Aqui está a prova de que o percurso naão foi aferido:
    http://media.wix.com/ugd/104d25_ab1ceb6b16114dde82800dfc377b8751.pdf

    Aqui o regulamento não prometendo nada de aferição:
    http://media.wix.com/ugd/b1ec32_5edfd06946c449e4ae859d64006f0937.pdf

    Aqui uma coletânea de várias medidas de GPS de pessoas que correram:
    https://docs.google.com/spreadsheets/d/1xkZIk6y0mD13WSQN7j8bKBTGRRPkIowUyku6dUma3RA/edit

    Aqui tem o registro do GPS do Antonio Denilson Canuto https://www.strava.com/activities/415648083

    Fazendo zoom, dá pra ver que o GPS se perdeu todinho smile emoticon Em umas partes cortou caminho, em outras saiu da estrada. Enfim, é uma prova-show e não precisa de aferição não. Tendo dinheiro e apoio familiar talvez faça ano que vem.

    1. Que legal essa coletânea. A média fechou em 20 km haha, mas o mais comum foi entre 19,60 e 19,70. Como sempre, GPS de celular marcando muito mais.
      Pelo relato do Eduardo, é quase uma dádiva o GPS ter funcionado lá hehe.
      Acredito que se a pessoa for mais neurótica, vai poder comparar os ritmos que fez de um ano para o outro.
      Concordo que esse tipo de prova tem que ir e aproveitar, mas tem meios de se motivar caso a pessoa goste de correr para tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *