Blog do Enio

14 minutos

Ontem foi o dia de fazer o primeiro teste de corrida, para verificar as condições atuais do joelho. Já não sinto mais dor nem desconforto. Já está no nível normal para quem tem uma rotura no menisco. Como as coisas estavam tranquilas, chegou o dia de testar.

Como era para fazer só poucos minutos, escolhi qualquer horário. No caso, foi logo antes da fisioterapia e um pouco depois do almoço. Aproveitei para caso desse algo muito errado já ter a fisio em seguida e amenizar o estrago.

Dei umas voltas pela rua da cidade até chegar na fisioterapia e o resultado foi que o joelho ainda não está bom. Ele já melhorou em relação às dores que me fizeram parar no início do mês, mas ainda dói mais do que deveria. Já tenho uma noção do que devo sentir no joelho ruim.

Dependendo como pisava e do terreno, sentia mais ou sentia menos. No geral, foi uma corrida desconfortável. Na parte do fôlego até não tive tantos problemas. O que pegou mais foi na maioria das pisadas sentir alguma coisa ali.

Com isso, descartei totalmente correr os 5 km da Meia Maratona de Balneário Camboriú e a ida até à prova. Acordar de madrugada e ir até Balneário só para olhar os outros correrem não é minha prioridade no momento. Vou ficar em casa e pedalar pelas ruas da cidade.

O que me faz pensar que está melhorando, além do fato de sentir menos dor do que antes, é que não senti mais nada nas horas seguintes. Logo que parei e esfriou, estava um pouco dolorido. Com o tempo, passou. Não sei se a fisioterapia e o pilates ajudaram nisso ou se o pouco tempo correndo também ajudou.

Só sei que as dores no pós-correr não apareceram como antes. Hoje já estou com tudo normal. Continuarei pedalando nos próximos dias e talvez na próxima quinta ou sexta faça um novo teste. Por enquanto, seguimos assim. As próximas corridas nas quais estou inscrito são uma incógnita se irei correr. Só o kit está garantido.

(Visited 33 times, 1 visits today)
Enio Augusto
Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.
https://porfalaremcorrida.com/blogdoenio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *