Dicas

11 coisas para lembrar durante um treino ruim

Acontece com todos nós. A cabeça não ajuda, o corpo não quer ir, a respiração fica descompassada, coração saindo do peito, nada rende. O primeiro impulso é parar e voltar para casa. Afinal, por que se submeter a tal tortura? Assim como temos dias ruins em casa ou no trabalho, temos dias ruins correndo. Sem os dias horríveis, como apreciaríamos os dias bons? O blog Shut Up and Run listou 11 coisas que devemos lembrar durante um treino muito ruim.

  • Não importa quão horrível você se sinta, você pelo menos saiu de casa, ou seja, está fazendo muito mais do que aquelas pessoas sentadas no McDonald’s esperando pelo seu Mega Mac.
  • Treinos ruins ajudam a construir sua força mental. Algumas vezes, os treinos que fazem você se sentir mais incrível depois de realizá-los são os que foram mais difíceis de fazer. Quando isso acontecer em uma corrida, lembre-se dessas experiências.
  • 99,9% das vezes um treino ruim é seguido de um ótimo treino. É algo mais antigo do que o primeiro ser vivo.
  • Este pesadelo de treino ruim acabará logo e você vai ter o restante do dia para fazer outra coisa que não seja correr.
  • Um treino ruim não te define como um corredor. Supere e siga em frente.
  • Um dia terrível correndo é ainda melhor do que não correr.
  • Pode haver um pedaço de bolo aguardando você no fim do dia.
  • Quem te faz sofrer é o seu corpo ou sua mente. Se sua mente está te atormentando, simplesmente mande ela para a PQP e ignore. Se o seu corpo está cansado ou dolorido, diminua o ritmo e saiba que o aquecimento vai te deixar mais solto, relaxado. Cada passa para frente é um passo mais perto do fim da agonia.
  • Se você está sofrendo porque está de ressaca de tanta beber ou comer, não pare. Muitas vezes, a corrida limpa algumas das toxinas e você vai se sentir melhor depois.
  • Pense (não de forma obsessiva) sobre porque você pode estar se sentindo mal correndo. Overtraining, dormindo pouco, a dieta não está funcionando ou algo do tipo? Se puder identificar algo específico, então o faça. Talvez esse seja o motivo da sua corrida não render. Caso não haja nada específico, apenas aceita que dias ruins acontecem e isso vai passar.
  • Lembre-se que mesmo uma corrida ruim está lhe dando algum tipo de alívio de estresse e você está queimando um número razoável de calorias.

Quando foi sua última corrida ou treino ruim?

Post traduzido. Link original:
http://www.shutupandrun.net/2014/10/11-things-to-remember-during-horrible.html

(Visited 258 times, 1 visits today)
Por Falar em Corrida
Podcast sobre corridas de rua.
https://porfalaremcorrida.com

2 thoughts on “11 coisas para lembrar durante um treino ruim”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *