Enio Diário

Um dia de treino por vez

http://fieldandfire.com/team-details/heather-v/ treinoEstamos voltando! Parece. Tudo indica, mas não me animo muito. O importante é que a dor não se manifestou mais. Segunda-feira fiz mais um treino que encaixo na categoria promissor. Foram 35 minutos de fartlek, entre corrida, caminhada e curtas acelerações. Fazia muito tempo que não corrida dia sim, dia não por causa das dores e, felizmente, mais uma vez, não senti nada.

buy provigil american express No treino de segunda, resolvi correr 1 km e e andar 2 minutos ou um pouco mais. Fiz isso até chegar no 3º km. Depois, cansei disso e resolvi fazer pequenas acelerações. Uma de 1 minuto e 30 segundos e outra de 30 segundos. A última aceleração foi a maior porque era a quase até chegar em casa e nesta foram 2 minutos e 16 segundos correndo mais forte.

Foi neste momento que percebi que meu fôlego está em falta. A sensação de esforço era de 4:30 para baixo, mas o ritmo foi de 4:53, muito graças ao começo mais rápido. No fim, o ritmo foi caindo, caindo. Esta parte ainda não é a mais importante. O foco é em não sentir dor, mas foi legal saber que por alguns poucos minutos consigo correr em um ritmo legal.

O que está acontecendo por enquanto em todo treino é que sempre acho que vou sentir algo no pé. No começo dos treinos é muito mais nítido isso. Parece que a qualquer momento vai doer, que não está normal. Até agora, cheguei ao fim de todos os treinos sem dor, mas sempre fica a dúvida. Ainda estou na fase de prestar muita atenção no pé. Depois que algo ruim acontece, até voltar a confiança e ficar despreocupado vai mais um tempo.

(Visited 72 times, 1 visits today)
Enio Augusto
Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.
http://porfalaremcorrida.com/blogdoenio

3 thoughts on “Um dia de treino por vez”

  1. Boa Sorte…. Eu tb quando comeco a correr me preocupa a dor na perna, e ela vez mesmo, mas no final do treino… que Bosta.

    To torcendo muito por voce! Sei como ‘e a sensacao infelizmente 🙁

    Quando ‘e a sua consulta?

    1. Se vem no final e não atrapalha no treino seguinte, ainda não é tão ruim. Mas essas dores nunca são bem-vindas.
      Até a maratona vai dar!!! Você torce daí e eu torço daqui por você. \o/

      A consulta é dia 1º de julho, mas eu espero chegar lá sem nenhuma dor ou efeito colateral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *