Troca a marcha


No último domingo, aproveitando as ruas mais calmas, sem tanto movimento, resolvi me arriscar e sair da Beira Mar. Já pensando no futuro uso da bicicleta para ir ao trabalho, simulei o percurso, para saber das dificuldades e do tempo que iria demorar.

Claro que no domingo é tudo mais fácil e tranquilo, até por isso escolhi esse dia, mas deu para ter uma ideia do que vou encontrar. Tenho noção de como é o caos no trânsito nos dias de semana. Já que era um dia de testes, resolvi arriscar e trocar as marchas também.

Minha bicicleta, apesar de bem antiga, tem marchas. Não sei dizer quantas exatamente, mas nos testes que fiz parece que são quatro. Pelo menos foi isso que acho que percebi. Várias mudanças de marcha causavam um barulho (talvez na correia?) que não parava até alterar a posição do trocinho da marcha. Parece que tem um ponto onde a marcha encontra o lugar. Sei lá como é isso.

Vocês percebem que não entendo nada de bicicleta quando uso os termos acima. O que importa, porém, é que descobri e acho que entendi como funcionam as marchas. Foi um dia de descobertas. Vi que estava usando a marcha mais pesada para tudo. Percebi também que tem dois negócios de marcha, um do lado direito e um do lado esquerdo.

O do lado direito altera bem a marcha, já o do lado esquerdo não sei qual a função exata. Parece que ajusta a mudança do lado direito, diminuindo o barulho. É muito estranho. Mexi um pouco enquanto pedalava, mas não entendi bem (normal, né?). Nem quis ficar fuçando tanto. Vai que acabo estragando o que está sendo útil.

Não é a melhor bicicleta do mundo e faz barulho quando freia, mas é a que tenho e é a que está me levando para onde quero. Bastou encher o pneu. O resto pode melhorar? Talvez possa, mas prefiro não arriscar. Em time que está ganhando não se mexe. Pelo menos, não tanto. O ganhar nesse caso é ter uma bicicleta para pedalar e que troca as marchas.


Sobre Enio Augusto

Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *