Três dias


Corri sexta, sábado e domingo. Foram três dias seguidos. A planilha previa treino apenas na sexta e no sábado, mas não gosto de não correr no fim de semana quando é possível correr. Falei com a Mari e ela disse para fazer meia hora, tranquilo.

O problema é que não fui tão tranquilo e nem em terreno macio. Exagerei no fim de semana. Primeiro, teve o treino de tiro na sexta. Depois, 50 minutos no sábado, em ritmo moderado. Mesmo assim, vai pesando. De toda forma, acho que tenho que ir acostumando, já que ano que vem pretendo correr meias maratonas.

No domingo, deveria fazer mais leve, mas acabei fazendo mais rápido do que deveria. Ainda me empolguei e fiz o último quilômetro em 4:43. Foi legal porque foi sem me matar. Saiu naturalmente quando quis acelerar. Em outros momentos deste ano, fazer este ritmo só com muito esforço.

O preço disso foi que no próprio domingo e na segunda o joelho reclamou. Ficou um pouco dolorido. Foi só dar tempo de descanso e voltar hoje devagar que tudo ficou normal. No entanto, ficou o alerta de que correr três dias seguidos é possível, mas não convém abusar da intensidade.

(Visited 6 times, 1 visits today)

Sobre Enio Augusto

Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *