Treino curto


Esta semana achei que teria uma folga a mais nos treinos, por causa da semana passada. Geralmente, segunda e terça estavam sendo dias sem corrida. Tinha quarta, sexta e domingo. Desta vez, já teve treino hoje. Não estava esperando por isso. Até falei para a Mariana do cansaço e tal. Só que depois de domingo a condição foi melhorando. Ontem estava melhor e hoje o treino foi legal.

Falei também para ela colocar os treinos por tempo e não por distância. Facilita minha vida. Meu Garmin é muito simples e por tempo consigo acompanhar o ritmo. Além disso, consigo ter uma noção do horário que vou terminar. A planilha desta semana já veio ajustada, tudo por tempo. Tem também quanto seria em distância, mas tem o tempo. Fui pelo tempo.

Achei interessante que a Mari falou que a semana seria mais leve, mas o conceito de leve dela é meio diferente do meu. Hoje teve aquecimento, 5 x 45”, mais 1 km e mais 5 x 45”. O bom dos treinos assim é que ele são curtos, mas intensos. Consigo terminar em menos de 35/40 minutos. Com isso, foi possível correr cedo. Comecei o treino às 6h10.

Ontem à tarde, pedalei meia hora, mas nada muito específico. Pelo menos foi uma pedalada tranquila, sem o cansaço de sábado. Só tinha um vento chato, daqueles que você percebe mais quando está na bike. Curioso é que na ida estava muito fácil de pedalar. Achei até estranho. Na volta, a realidade. O vento estava me ajudando na ida. Voltando, com o vento contra, não foi tão simples.


Sobre Enio Augusto

Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *