Tênis novos


As últimas semanas foram movimentadas por aqui. Se a janela de transferências do futebol é agitada no fim de agosto, com compras e vendas, também tive algo parecido com relação aos tênis. Na semana antes da Maratona de Floripa, chegou o Mizuno Wave Sky, tênis que a Mizuno enviou para o Por Falar em Corrida. Veio no número 44 e coube a mim testar e correr com o tênis para fazer o review no canal do YouTube. Já está por lá o vídeo falando desse fato raro, do primeiro tênis que recebemos de alguma marca.

O Wave Sky chegou terça à noite e na sexta de manhã, meio sem querer, descobri que tinha o Fila Kenya Racer 3 em promoção no site da Centauro. De R$ 350,00 por R$ 279,90 no caso dos tênis masculinos. Tinha também por R$ 289,90. Os modelos femininos estavam ainda mais baratos. Das cinco opções de cores disponíveis, apenas 3 tinham o número 44. Como dos 3 tênis, 2 estavam R$ 279,90, não tive muita dúvida de qual escolher. Deixei de lado o de R$ 289,90 e comprei os 2 mais em conta.

Pensei comigo. Comprar 2 tênis já é um exagero, dois tênis iguais é mais exagero ainda. 3 seria um exagero imensurável. Fora que tem o detalhe de ter que pagar. É promoção, mas vai dinheiro igual. Mesmo parcelando, é um valor que não tinha programado gastar em tênis. Ocorre que não é sempre que o modelo que você sempre quis aparece em promoção e no número 44. Não pude deixar de aproveitar. Era um sonho antigo. Por isso, comprei logo 2.

Fazendo uma conta rápida, baseado no preço normal e no valor que paguei, economizei R$ 140,00. Doeu um pouco esse gasto não planejado, mas por outro lado ficou a satisfação de aproveitar uma boa promoção e ter o tênis que sempre foi um objetivo. O Fila Kenya sempre me chamou atenção pelo fato de ser leve. Só ouvia e lia relatos positivos sobre ele. Cada vez mais aumentava minha vontade de ter um. Faltava dinheiro e ter a numeração. A primeira parte ainda não estava sobrando, mas era promoção e tinha o número. Não podia deixar passar.

O Fila Kenya chegou no último sábado e já fiz o treino de domingo com um deles. Com isso, meu número de pares de tênis aumentou em meros 10 dias. Este ano tem sido gordo no quesito tênis de corrida. Nada foi planejado, mas aconteceu. Foi o Go Meb em janeiro, os dois Adidas do Luis Costa em março, o Wave Sky em agosto e os dois Fila Kenya em setembro. Estava vendo aqui e agora tenho tênis da Asics, Adidas, Nike, New Balance, Skechers, Mizuno e Fila. Variando e testando para encontrar o que fica melhor no pé. Neste quesito, aliás, por enquanto, nenhum ganhou do Asics Hyper Speed 6.


Sobre Enio Augusto

Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *