Relatório de janeiro 2017


O primeiro mês do ano já se foi e é hora de prestar contar do que foi corrido. Vim de alguns dias parados em dezembro. O recomeço não foi muito fácil. No ritmo até consegui fazer o que eu queria, mas o calor e a preguiça fizeram os treinos ficar mais curtos, tanto em distância quanto em tempo.

Em janeiro ainda tive a Corrida da Ponte, que não foi muito boa em termos de desempenho, também uma consequência desses treinos arrastados. Dos 31 dias do mês, fiz 20 atividades, sendo que 12 dias foram de descanso. A soma dá 32 porque em um sábado corri pela manhã e à noite. Em fevereiro ainda quero tentar fazer isso mais vezes. No fim de semana parece mais fácil.

Foram 126,70 km em 12:52:19, ritmo médio de 6:06 min/km. Na média, foram 6,34 km em 38:37. Não foi uma maravilha, mas foi melhorando ao longo do mês. Era um mês de retomada e ficou dentro do esperado. Fevereiro, embora ainda quente, deve representar um aumento nas distâncias e no tempo correndo.


Sobre Enio Augusto

Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *