Quando parece fácil

O treino de hoje parecia daqueles mais tranquilos, sem intervalados. 3 km de aquecimento, 4 acelerações de 50 metros e depois mais 3 km mais forte, com trote depois disso. Olhando na planilha, não tinha 5, 6 repetições de 200 metros ou 3 minutos.

Só que não saiu tão bem quanto pensei. O aquecimento foi tranquilo, ritmo razoável. Sempre quando tenho tiros ou ritmo mais forte, acabo fazendo um aquecimento mais lento. Na terça, no treino do mini duatlo, como sabia que era só correr 15 minutos na primeira parte, consegui um ritmo mais constante e não tão lento.

Os tiros de 50 metros foram só para avisar o corpo que a partir dali seria mais rápido. Por razões que não sei explicar, não rendeu. O 1º km saiu a 5:43, o 2º km a 5:38 e o 3º km a 5:18. Ou seja, 3 km 16:39, ritmo médio de 5:33 min/km. Como a planilha pedia Z2 progressivo, o ritmo ficou dentro do estipulado.

No entanto, saí de casa com outros planos. Queria correr pelo menos abaixo de 5:15. Não aconteceu, mas pelo menos o treino foi feito. A Track&Field de domingo é uma incógnita, não sei o que vou conseguir fazer. Os treinos me dão uma vaga ideia de que sub 1 hora consigo. O resto, só no dia para descobrir.

Enio Augusto

Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *