Preparado ou não


O que foi feito está feito. Não há mais nada a treinar, apenas descansar e evitar possíveis acidentes ou movimentos prejudiciais ao joelho. Corri o que consegui e pedalei mais um tanto. A preparação não foi a ideal, mas foi o que consegui frente a todos os acontecimentos dos últimos dois meses.

Esta semana fiz um treino de corrida muito bom na quarta e pedalei na terça e hoje. Nos dias de bike fiz alguns intervalados, para tentar manter condicionamento. Não sei se ajuda, mas psicologicamente faz bem. No pilates fiz alguns exercício para a panturrilha e agora é só descansar.

Sexta e sábado serão dias de descanso. Talvez eu pedale nesses dois dias, mas ainda não sei. Se pedalar, vai ser de leve, coisa pouca. Apesar de não parecer que cansa muito, tem algum desgaste e prefiro deixar tudo para domingo. Já não tenho muita condição e de onde tirar energia, melhor não gastar esse mínimo gás que posso ter.

Pode ser também que faça um trote no sábado, mas a tendência é dar descanso para as pernas e elas só correrem no domingo. Não posso dizer que estou no ápice e no auge da forma física. Já fico contente de ter conseguido voltar a correr sem dores em maio, o que vai me permitir pelo menos completar a Meia de Floripa. Em que condições e com qual tempo só no domingo vou saber.


Sobre Enio Augusto

Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *