Os próximos passos


Depois da Meia de Floripa, é hora de voltar aos treinos. Como já falei bastante por aqui, a Meia de Floripa tem questões sentimentais envolvidas e não deixaria de participar dela, mesmo em condições muito precárias. Os treinos estão aumento gradualmente, mas tive dois picos não planejados e fora da curva: a Tribuna e a Meia de Floripa.

O objetivo a partir de agora é voltar aos treinos curtos e distâncias menores. Quero voltar a ter uma preparação física mais adequada e correr bem. Isso envolve focar nos 5 e 10 km e esquecer um pouco a meia maratona. O plano é, mesmo com menos treinos de corrida, voltar ao ritmo de 2015. Ou pelo menos chegar perto.

Só vou pensar de novo em meia maratona quando estiver correndo os 5 km abaixo de 25 minutos e os 10 km abaixo de 50 minutos. A exceção nesse caso é a Meia de Floripa de 2018. Se até lá eu ainda estiver sem condições, vai assim mesmo. Para todas as outras meias, não farei concessões.

Os últimos treinos que fiz antes da meia foram animadores e acredito que com foco em distâncias menores consiga melhorar o ritmo. O fôlego não foi totalmente perdido por causa da bicicleta, mas para melhorar na corrida tem que correr. As próximas provas serão todas de 5 e 10 km, que é o que aguento fazer sem estar preparado.

A Tribuna foi assim. Sub 1 hora sem muito trabalho. Na meia se mostrou bem complicado. À medida que for treinando mais, vou utilizar as corridas para sentir em que nível estão os tempos. Quando conseguir manter um padrão de tempos legais, com um ritmo bom, voltarei a pensar em maiores distâncias.

Ainda tem a questão do joelho. Durante a meia ele não incomodou, mas nos dias seguintes ficou um pouco dolorido. Quero ver agora com treinos menores como ele vai se comportar. Preciso ver se correr mais rápido vai fazer ele inchar ou não. Já tenho algumas corridas nas quais estou inscrito e outras que pretendo participar. Vai ser um semestre de testes.

(Visited 32 times, 1 visits today)

Sobre Enio Augusto

Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *