O trote pós-meia

Em algum momento temos que voltar aos treinos. O dia chegou. Foi nessa quinta-feira, um feriado, dia muito bonito aqui em São José. A segunda foi dia completo de descanso. Terça-feira já teve bike de leve e pilates e quarta teve bike com acelerações. Quinta foi o dia marcado para o retorno. Era um trote, coisa leve, meia hora apenas.

O programado eram 15 minutos de aquecimento com 5 vezes de 2 minutos, sendo que 30 segundos eram mais rápido e os outros 90 segundos mais devagar. Aproveitei que era um treino mais leve para fazer uns vídeos para o Por Falar em Corrida. Sendo assim, andei nos 90 segundos na maior parte do tempo em vez de correr devagar.

No entanto, na parte dos 30 segundos tentei correr rápido. Esse tipo de treino é bom que passa rápido porque toda hora você está mudando o ritmo. Ficaram quase todos abaixo de 5 min/km, mas o mais importante foi não sentir nenhum tipo de dor. Até no aquecimento senti as panturrilhas e achei que não ia conseguir continuar.

Bastou continuar correndo que logo essa impressão passou. Foi tranquilo correr. Era questão de esquentar. O joelho também reclamou um pouquinho no aquecimento e depois ficou no modo aceitável. Sábado tem mais e o treino vai exigir um pouco mais. Será um bom teste nesse retorno aos treinos, tentando manter uma rotina que faça melhorar o ritmo.

Enio Augusto

Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.

2 comentários em “O trote pós-meia

  • 16/06/2017 em 12:34
    Permalink

    Boa garoto…acompanho o canal no YouTube e nas demais redes sociais e vejo sempre seu treinos no Strava… Fala aí vc treina com alguma planilha? Forte abraço…

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *