O ritmo da volta


Por um infortúnio destes da vida, semana passada acabei sentando em cima do Garmin sem querer. Mas não pensem que ele estragou ou aconteceu um desastre maior. Na verdade, da forma como sentei, alguns botões acabaram pressionados. Não sei bem quais foram. Só sei que ocasionou o reinício do Garmin do zero. Ele voltou a ser como se fosse de fábrica e tivesse acabado de comprá-lo.

Com isso, todas as informações nele foram perdidas. Não tinha grande coisa ali. o Garmin 10 registra apenas os melhores tempos de 1 km, 5 km, 10 km, 21 km, 42 km e distância mais longa. Nada muito importante. Outros dados ficaram no caminho também. A personalização das informações que aparecem na tela também voltaram como eram. Idioma, unidade, hora, tudo se foi.

Pode parecer algo muito ruim, mas não foi. Minha preocupação era se ele iria funcionar novamente e isso aconteceu sem problemas. Configurei tudo novamente e sai para fazer os treinos. Só que uma coisa não estava certa. O Garmin 10 só oferece possibilidade de 2 telas. Cada uma, com apenas 2 informações. Gosto de utilizar tempo e distância em uma e tempo e ritmo na outra. Nesta do ritmo, deixo o ritmo da volta que me dá uma noção do meu ritmo no momento, que geralmente é 1 km ou um intervalado. Não deixo o ritmo médio do treino todo porque ele abrange tudo e não dá o que está acontecendo no momento.

Estava fazendo os treinos e quando colocava na tela do ritmo, ele estava meio doido. Variava de 5 em 5 segundos. Às vezes, estava 5:40 e de repente ia para 6:30, muito irregular. A informação estava toda errada. Não sabia mais em que ritmo estava correndo. Com isso, nem olhava mais essa tela do ritmo nos treinos dos últimos dias. Acreditava que era um período de adaptação do Garmin até começar a entender o ritmo.

Na verdade, quem não tinha entendido a coisa toda era eu. Como tenho esse Garmin 10 desde 2015, fazia mais de dois anos que não mexia nessas coisas. Não lembro de ter reiniciado ele de fábrica nesse tempo todo. Eis que ontem fuçando nele, depois de mais um treino intervalado sem saber o ritmo no momento dos tiros, já meio desolado de que nunca mais saberia meu ritmo em tempo real, descobri uma opção nas configurações de corrida. Era a última da lista e das outras vezes não tinha chegado até o fim.

Descobri, então, que de fábrica, o ritmo que vem na tela é o ritmo atual, ou seja, o ritmo que você está correndo naquele momento e ele realmente varia bastante, de 5:30 para 6:20 e coisas do tipo. Quando entrei ali, percebi isso e alterei para mostrar o ritmo da volta. Era só isso que estava diferente. Eis o motivo do Garmin mostrar ritmos tão doidos nos treinos. Com o problema resolvido, meus treinos podem não ficar melhores, mas pelo menos vou ter uma ideia melhor do ritmo durante os intervalados.

(Visited 36 times, 1 visits today)

Sobre Enio Augusto

Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *