Cumprindo a planilha 1


Quando tenho uma planilha dizendo o que tenho que fazer costumo seguir. É muito difícil perder um dia de treino. O que pode acontecer é eu adiantar ou atrasar em um dia o treino por causa de condições climáticas ou físicas, mas no geral faço nos dias determinados.

Desde fim de março estou treinando com a Mariana Andrade e tenho seguido as planilhas que ela envia. Faço algumas adaptações em alguns dias, principalmente os de chuva, mas perdi poucos treinos até agora. Antes era só corrida e agora tem bike também. A corrida sempre segui sem erros, respeitando todos os intervalos e tempos.

Já a bike estava fazendo meio sem critério. Se na planilha dizia que tinha treino de bike, eu saía para pedalar, mas não respeitava muito as repetições ou tempo. Estava bem displicente nessa parte, achava chato alguns treinos de bike. Talvez tivesse a ver com o fato de estar parado e depois voltando a correr. Apenas fazia meia hora para não perder o combo, em qualquer ritmo, e pronto.

Pouco antes da Meia de Floripa, com o retorno gradual aos treinos, resolvi voltar a seguir a planilha da bike do jeito que vinha. Depois da meia continuei. Se diz que são 4 repetições de 2 minutos, faço. Se pede 4 vezes de 6 minutos e mais 6 vezes de 1 minuto, também faço, indo e voltando na Beira Mar.

Posso dizer que estou em um momento bem disciplinado. Tudo o que a planilha pede eu faço. O que varia às vezes é o ritmo, porque vou mais na sensação de esforço. Também podem variar os dias, como falei ali em cima. Por exemplo, o treino de bike de sábado fiz na sexta porque o treino de corrida de domingo vou fazer no sábado. Domingo tem a Volta à Lagoa e vou lá fazer a cobertura para o Por Falar em Corrida.

Então, o dia de descanso que seria na sexta vai ser domingo. Com essas adaptações, vou tentando seguir da melhor maneira possível a planilha, sem perder nenhum treino, mas alterando vez ou outra o dia. Por enquanto, tem dado certo e espero manter assim nas próximas semanas.


Sobre Enio Augusto

Começou a correr em 2008. Não estava acima do peso, mas descobriu que gostava de correr. Parecia simples e fácil. Corre mais por teimosia do que por algum talento natural. Sonha em correr mais rápido e acha que um dia vai chegar lá.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um pensamento em “Cumprindo a planilha