11 medos durante o polimento 4


A parte mais difícil de uma maratona não é correr a maratona: é fazer o polimento para a maratona. Nas semanas anteriores à prova, todos os corredores passam por um difícil período de insanidade conhecido como ENLOUQUECENDO COM O POLIMENTO. É um comportamento irracional, errático e paranóico que se intensifica a cada dia que passa. Os corredores são facilmente identificados por dizerem coisas como: EU NUNCA VOU ESTAR PREPARADO! EU PRECISO CORRER MAIS!

Nenhum corredor está livre disso. Este mal necessário pode atrapalhar a maratona até do corredor mais experiente! Do estresse ao pânico de ter que descansar, não há nada pior do que o polimento. Você está se preparando para correr uma maratona? Aqui estão os 11 medos pelos quais você passa durante esse período de polimento.

Que você não está correndo o suficiente
Você está acostumado a correr o tempo inteiro e, de repente, você está correndo de 50% a 85% menos do que o normal, o que pode causar algum estresse e agonia.

Que você vai se machucar antes da corrida
Você olha mais de dez vezes antes de atravessar uma rua, toma todos os cuidados necessários e se recusa a usar qualquer acessório novo. MELHOR PREVENIR DO QUE REMEDIAR.

Que você vai ficar doente
Você evita aquele seu amigo que diz que está gripado. NÃO É PESSOAL, MAS NÃO POSSO FICAR DOENTE!

Que você vai ganhar peso
A fome é real e você vai se encontrar preocupado com tudo o que come. Esqueça isso e mantenha a sua alimentação habitual.

Que você não está preparado
Todas as vezes que alguém te pergunta se você está preparado, você luta para segurar o grito de NÃO! E EU NÃO SEI POR QUE TODO MUNDO CONTINUA ME PERGUNTANDO ISSO!

Que você não testou sua estratégia de alimentação
Quando você procura dicas sobre o dia da corrida, começa a questionar se a estratégia de alimentação está correta. Não faça isso. Faça o que você praticou até então.

Que você não fez todos os treinos intervalados que deveria
“Se eu fizer esses tiros de 800 agora, vou estar melhor preparado para a maratona na próxima semana”. As famosas últimas palavras.

Que um treino ruim é um indicativo de que o dia da corrida vai ser um desastre
Sim, é possível que um treino de 6 km abale sua confiança. Esqueça isso. É apenas o nervosismo pré-prova.

Você vai deitar à noite e pensar em TODAS as coisas que podem dar errado no dia da prova
Você não vai conseguir dormir. Sim, vai doer (não literalmente, esperamos). Tente não se estressar com isso. Confie no seu treinamento.

Muros. Tanto os metafóricos quanto os físicos
Não se assuste se você se pegar procurando por espaços abertos. O medo do muro a partir do km 30 é muito real.

Pressão
“Você tem um objetivo de tempo?”, pergunta seu amigo de trabalho. “EU SÓ QUERO SOBREVIVER!”, você grita, tentando não chorar em posição fetal.

A fase de polimento não é fácil, mas os corredores estão juntos nessa loucura. Você só precisa confiar no seu treino, escutar o seu corpo, manter a alimentação e se manter ocupado. O tempo vai voar e o dia da maratona vai chegar antes do que você pensa. VOCÊ VAI SOBREVIVER! Está perto do fim. Até a próxima maratona.

Link da matéria: http://womensrunning.competitor.com/2015/09/run-selfie-repeat/11-fears-you-experience-while-tapering-for-a-marathon_46831.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 pensamentos em “11 medos durante o polimento

  • Vinicius Rafael Migliorança

    Olá! Dia 24/09/2017 faço minha estréia nos 42k na Maratona de Foz do Iguaçu. Um percurso cheio de nuances, muito longe de ser um plano com estratégia de pace facilmente ajustável hehe.. enfim, vou estrear em uma prova difícil, treinei muito pra isso, mas, nesta semana que se inicia, véspera, estou sentindo estes 11 medos hehe… inclusive pode acrescer o 12º medo: Medo de que os 11 medos anteriores fiquem cada vez mais intensos hehe..l

    É isso aí..
    Um abraço!